SELO: Mesmo “falidas”, mCel e LAM pagam milhares de dólares a angolanos e migalhas a moçambicanos - Por Dércio Tsandzana PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação   
Quarta, 09 Dezembro 2015 08:18

Nas vésperas do concerto do músico Angolano, Matias Damásio, começaram a circular fotos nas redes sociais, fotos sobre a tabela remuneratória que regulou os "cachet" dos artistas que fazem parte do apelidado "Show do ano", com passagem pelas cidades de Maputo e da Beira, entre 20 e 27 de Novembro passado. O propósito deste artigo não é uma mera comparação que irei a seguir fazer, mas, é preciso não se calar enquanto isso sucede. Ademais, não sou profissional da área e não percebo nada de marketing cultural, mas, escrevo como cidadão que se indigna com o que acontece na nossa música.

Continuar...
 
SELO: Erróneas concepções da felicidade - por Keed Mondlane PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação   
Quinta, 03 Dezembro 2015 08:33

As ideias me chegam em fragmentos, não sei por onde começar a discorrer sobre este assunto, a única vantagem de ser um escritor é o facto de não estar comprometido com as regras, sim nós os escritores não somos obrigados a estruturar as nossas ideias em introduções, desenvolvimentos, conclusões… nem somos obrigados a identificar se estamos a pensar de forma narrativa, jornalística, literária, científica… ou seja lá o que for, mesmo estando consciente de todas essas regras somos obrigados a ignora-las, isso para poder deixar um espaço para os literatas, esses que se intitulam donos da literatura, na qualidade de bom escritor tenho de fazer de contas que não conheço as regras e fazer tudo de forma desregrada para que o literata venha aplicar os seus conhecimentos críticos adquiridos em 5 anos de universidade, já imaginaram vocês se tivesse que fazer tudo aos conformes, que importância teria o literata para a literatura?

Actualizado em Quinta, 03 Dezembro 2015 09:14
Continuar...
 
SELO: Com esta EDM, certamente desconstruímos o futuro - Por Carlos Sousa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação   
Quinta, 03 Dezembro 2015 08:30

Caros companheiros de impactos,

Vivemos situações difíceis impostas, sem dúvidas, por condições internacionais. No entanto, tenhamos paciência, pois como em tudo na vida acabamos por ser beneficiados “pelo outro lado da moeda”, que uma vez atirada ao ar, nem sempre cai na mesma posição.

Continuar...
 
SELO. Combate às alterações climáticas e combate à fome devem andar de mãos dadas - Por José Graziano da Silva * PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação   
Quarta, 02 Dezembro 2015 08:42

Um apelo à acção

A 21ª Conferência do Clima (COP 21), que se realiza em Paris depois dos recentes ataques terroristas, é uma nova oportunidade para a comunidade internacional se unir e mostrar o seu compromisso com a Agenda 2030 e com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como a forma mais adequada de promover um mundo mais justo, mais seguro e mais inclusivo, onde ninguém é deixado para trás.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Seguinte > Final >>

Pág. 94 de 123
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.