Faixa publicitária
SELO: Compatriotas do sul, calem-se porque tudo o que a Frelimo faz para vocês é normal* - Por Jorge Valente
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação  em 12 Setembro 2017
Share/Save/Bookmark

Nós o povo oprimido do centro/norte estamos cansados de assistir às vossas brincadeiras e palhaçadas de reclamações nas televisões sobre diversas injustiças que a Frelimo e os seus governos corruptos praticam. Vocês são os mais favorecidos, apesar da humilhação e exclusão que a Frelimo pratica, desde a luta armada.

Uma das características da democracia é a existência de vários partidos políticos para o exercício pleno da pluralidade de ideias rumo ao desenvolvimento político, económico e social de um país. Assim, o principal propósito da democracia é alternância governativa.

Ora, desde 1994 que o povo oprimido do centro/norte, que é a maioria, apela, através do voto nas urnas, para que a governação seja feita por um outro partido diferente da Frelimo. Os senhores do sul sempre rejeitaram essa preocupação porque são donos do regime colonizador.

Volvidos 42 anos, a Frelimo já mostrou maior desgaste e as suas manobras de mentiras já se esgotaram. A cada dia que passa, a Frelimo denigre-se, quer internamente, quer por fora.

O país teve 5 eleições com situações de manipulação de votos para a Frelimo e seus candidatos, mas nada muda em prol dos anseios da população.

O desprezo aos eleitores toma seu auge logo que a Frelimo arranca o poder.

A Renamo e o MDM já mostraram ser alternativas de governação, porque em todos os locais onde governaram notou-se alguma mudança rumo ao alivio das principais inquietações dos munícipes, mas os colonos do sul sempre insistem em votar na Frelimo.

Vocês da região sul estão manifestam-se, todos dias, contra as indemnizações injustas, a expropriação de residência para serem entregues aos estrangeiros, a má actuação da Polícia, as cobranças ilícitas, a criminalidade na Matola e Maputo cidade.

Então, nós perguntamos: Porquê sempre apostam neste partido que causa grande dor ao povo e a vocês mesmos? Vocês sabem que, para a Frelimo, o moçambicano só serve nos períodos eleitorais.

Vocês sabem que a Frelimo investe muito na campanha através de camisolas, restos de arroz, gasolina para motas, bicicletas, motas e até carros para apenas comprar a mente dos fracos e depois de ocupar a governação mandar passear os eleitores.

Vocês sabem que a Frelimo dividiu Moçambique a partir do rio Save e aí no sul é potência colonizadora. Agora reclamam o quê? Nós estamos fartos da vossa cobardia. Calem-se por favor porque tudo o que a Frelimo faz na sua governação é muito normal para vocês.

Nós não estamos a dizer que a oposição vai governar bem, mas há necessidade de ver outras formas de abordar a governação. Apesar de a oposição estar muito fraca, sem agenda e reaparece nas vésperas dos pleitos eleitorais – a estilo de cogumelos em tempo de chuva – e depois de sugarem o sangue do povo desaparecem, a conjuntura mostra necessidade de viragem para a alternância governativa em Moçambique.

A oposição deve organizar-se. Construir estrada, escolas, hospitais e furos de água para arrancar vitória nas eleições, para depois aprofundar a exclusão, o tribalismo, o amiguismo, a criminalidade e a corrupção, não é bom.

Não vale para nada falar de unidade nacional e de país uno e indivisível, enquanto o país está dividido a partir do Save e o regionalismo e o tribalismo reinam.

As armas calam mas a guerra a humilhação praticada pelos cidadãos sul, contra o irmão do centro e norte, vai continuar, apesar de os senhores do centro e norte, implantados na Frelimo não se interessarem com isso por estarem muito ricos, enquanto os seus compatriotas estão numa penúria.

Não é bom os intelectuais moçambicanos apadrinharem e defenderem os males que a Frelimo causa por simples migalhas que recebem. O tempo, Deus e Allah vão corrigir todos os males. O primeiro regime a cair em terra, dos 3 existente em África, vai ser a Frelimo. MPLA e ZANU vai resistir algum tempo porque os respectivos povos já não têm força para enfrentar esses regimes.

Por Jorge Valente

*Título da responsabilidade do @Verdade

Comentários   

 
0 #1 NY 12-09-2017 11:10
Porrah Que sentimento mediocre e tribalista meu caro Jorge Valente, feio isso! onde entra os cidadão do sul na luta polica entre os partidos. da proxima tenha cuidado na escrita sob o ponto de nao transparecer sentimentos pessoais que não ajudam na luta de unidade nacional. Abraços
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom