Gilberto Manhiça novo Bastonário da Ordem dos Médicos de Moçambique
Escrito por Redação   
Domingo, 30 Junho 2019 21:44

Gilberto Manhiça é no novo Bastonário da Ordem dos Médicos de Moçambique, o médico Endocrinologista derrotou na passada sexta-feira (28) o Bastonário em fim de mandato Eugénio Zacarias.

Actualizado em Quarta, 10 Julho 2019 07:20
Continuar...
 
Diarreias reduziram durante o 1º semestre em Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 17 Junho 2019 22:04

Os casos de diarreia em Moçambique, entre Janeiro e Junho, registaram uma “uma ligeira descida, quer no número de casos quer no número de óbitos”, revelou a chefe do departamento de Epidemiologia no Ministério da Saúde (MISAU), Lorna Gujral, que indicou terem sido registados “269 mil casos com 192 óbitos, contra 269 mil casos e 200 óbitos”.

Actualizado em Sexta, 21 Junho 2019 07:34
Continuar...
 
MISAU apela todos que tomaram 1ª dose em Cabo Delgado “para virem tomar a 2ª dose da vacina para ficarem imunes contra cólera”
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 13 Junho 2019 22:12

Foto de Adérito CaldeiraO Ministério da Saúde (MISAU) apelou nesta quinta-feira (13) a todos os cidadãos que receberam a 1ª dose da vacina contra a cólera na Província de Cabo Delgado, “para virem tomar a 2ª dose da vacina para ficarem imunes contra cólera durante aproximadamente 5 anos”.

Actualizado em Terça, 18 Junho 2019 08:18
Continuar...
 
Diarreias causaram 158 óbitos em Moçambique
Escrito por Redação   
Terça, 14 Maio 2019 07:28

As autoridades de Saúde registaram menos casos de diarreias durante os primeiros quatro meses de 2019, uma redução de 9 por cento relativamente a igual período do ano passado, que resultaram na morte de 158 moçambicanos.

Actualizado em Sexta, 17 Maio 2019 11:01
Continuar...
 
Meio milhão de pessoas será vacinada contra cólera em Cabo Delgado, surto “controlado” no Centro de Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 10 Maio 2019 06:47

Foto de Adérito CaldeiraCerca de meio milhão de moçambicanos vão ser vacinados contra a cólera na Província de Cabo Delgado, que tenta reerguer-se após o Ciclone Kenneth. No Centro de Moçambique o surto que eclodiu após o Ciclone Idai está “controlado”, graças a vacinação de aproximadamente 900 mil pessoas contudo a Directora Nacional de Saúde apela: “é importante a melhoria das condições de saneamento do meio para nós conseguirmos cortar completamente a cadeia de transmissão”. O drama é que aumentaram para 9.759.842 os moçambicanos que ainda usam latrinas não melhoradas e cresceu para 20.412.291 os cidadãos que consomem água não potável.

Actualizado em Terça, 14 Maio 2019 07:55
Continuar...
 
Mortes por malária reduziram em Moçambique mas os doentes aumentaram para 3,8 milhões
Escrito por Adérito Caldeira   
Domingo, 16 Junho 2019 22:06

Foto de Adérito CaldeiraAs mortes por malária reduziram durante os primeiros seis meses de 2019 em Moçambique, foram 425 óbitos comparativamente aos 545 registados em igual período do ano passado, porém a chefe do departamento de Epidemiologia no Ministério da Saúde (MISAU), Lorna Gujral, indicou que o número de doentes aumentou para 3,8 milhões e não esclareceu que as pulverizações intra-domiciliárias não estão a acontecer devido a crise económica.

Actualizado em Quinta, 20 Junho 2019 21:35
Continuar...
 
Ministra da Saúde apela “toda a cultura e todos os nossos hábitos não nocivos devem ser respeitados” nos hospitais de Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 11 Junho 2019 21:37

A Ministra da Saúde apelou aos profissionais do sector a respeitarem os hábitos culturais de cada paciente, no âmbito da estratégia de humanização que está a ser implementada com “sucesso” em 1.215 das 1.635 unidades sanitárias existentes em Moçambique. “Uma sociedade sem cultura não é sociedade, portanto toda a cultura e todos os nossos hábitos não nocivos devem ser respeitados” afirmou Nazira Abdula durante um encontro de balanço com a Sociedade Civil.

Actualizado em Quarta, 19 Junho 2019 07:42
Continuar...
 
Malária matou 360 pessoas entre Janeiro e Abril em Moçambique
Escrito por Redação   
Segunda, 13 Maio 2019 07:12

A malária continua a ser a principal causa de morte nos hospitais em Moçambique, entre Janeiro e Abril deste ano o Ministério da Saúde registou 360 óbitos entre os 2.961.429 casos que registou. A maioria dos óbitos foram registados nas províncias do Niassa, Cabo Delgado e Zambézia.

Actualizado em Quinta, 16 Maio 2019 07:58
Continuar...
 
Sobe para 43 óbitos pelo impacto do Ciclone Kenneth no Norte de Moçambique
Escrito por Redação   
Quinta, 02 Maio 2019 07:21

Subiu para 43 o número de vítimas mortais pela passagem do Ciclone Kenneth pela Província de Cabo Delgado, no Norte de Moçambique. Seis das vítimas mais recentes morreram soterradas pelo desabamento da lixeira municipal na cidade de Pemba e há registo de mais um óbito na Província de Nampula.

Actualizado em Terça, 07 Maio 2019 16:33
Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 63
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.