Faixa publicitária
Presidente Nyusi reconduz Carlos Agostinho do Rosário como primeiro-ministro de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Adérito Caldeira  em 17 Janeiro 2020 (Actualizado em 19 Janeiro 2020)
Share/Save/Bookmark

Foto da Presidencia da RepúblicaO Presidente Filipe Jacinto Nyusi reconduziu Carlos Agostinho do Rosário para o cargo de primeiro-ministro da República de Moçambique. O Chefe de Estado, que extinguiu os ministérios da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural e da Agricultura e Segurança Alimentar, também manteve nos mesmo cargos Adriano Maleiane, Max Tonela e Osvaldo Machatine. Do Governo anterior "sobreviveram" ainda Celso Correia, Carlos Mesquita, Carmelita Namashulua e Helena Kida.

Confira os membros do novo Executivo moçambicano:

Adriano Afonso Maleiane, miinistro da Economia e Finanças;

Carmelita Rita Namashulua, ministra da Educação e Desenvolvimento Humano;

Helena Mateus Kida, ministra da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos;

Ernesto Max Elias Tonela, ministro dos Recursos Minerais e Energia;

Carlos Alberto Fortes Mesquita, ministro da Indústria e Comércio;

Celso Ismael Correia, ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural;

João Osvaldo Machatine, ministro das Obras Públicas e Recursos Hídricos;

Verónica Nataniel Macamo Dlhovo, ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação;

Margarida Adamugy Talapa, ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social;

Jaime Bessa Neto, ministro da Defesa Nacional;

Amade Miquidade; ministro do Interior;

Armindo Daniel Tiago, ministro da Saúde;

Augusta de Fátima Charifo Maita, ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas;

Gabriel Ismael Salimo, ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional;

Ivete Maibase, ministra da Terra e Ambiente;

Janfar Abdulai, ministro dos Transportes e Comunicações;

Eldevina Materulaco, ministra da Cultura e Turismo.

No entanto ficaram por indicar os titulares dos ministérios da Juventude e Desporto, dos Combatentes, Administração Estatal e Função Pública e ainda do Género, Criança e Acção Social.

Entretanto o Presidente das República determinou ainda nesta sexta-feira (17) a extinção dos ministérios da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural e da Agricultura e Segurança Alimentar criando o Ministério da Terra e Ambiente e o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 6
FracoBom