Faixa publicitária
Carlos Agostinho do Rosário é o novo Primeiro-Ministro de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Redação  em 17 Janeiro 2015
Share/Save/Bookmark

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, nomeou Carlos Agostinho do Rosário como o novo Primeiro-Ministro de Moçambique. Em despachos separados o Chefe de Estado nomeou os Ministros e Vice-Ministro do seu Governo depois de haver extinto os 17 Ministérios do seu antecessor e criado apenas 13.

Do Governo de Armando Guebuza "sobreviveram" Oldemiro Balói, José Pacheco, Carmelita Namashulua, Vitória Diogo, Adelaide Amurane, Agostinho Mondlane, Nazira Abdula e Alberto Nkutumula.

Os Ministérios extintos são os seguintes:

- Ministério das Finanças;

- Ministério da Planificação e Desenvolvimento;

- Ministério da Educação;

- Ministério da Agricultura;

- Ministério do Trabalho;

- Ministério da Mulher e Acção Social

- Ministério do Turismo;

- Ministério para a Coordenação da Acção Ambiental;

- Ministério da Administração Estatal;

- Ministério da Cultura;

- Ministério das Pescas;

- Ministério da Energia;

- Ministério dos Recursos Minerais;

- Ministério das Obras Públicas e Habitação;

- Ministério da Justiça;

- Ministério da Ciência e Tecnologia;

- Ministério da Função Pública.

Em sua substituição, o Chefe do Estado moçambicano criou os seguintes Ministérios:

- Ministério da Economia e Finanças;

- Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano;

- Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar;

- Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural;

- Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas;

- Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social;

- Ministério do Género, Criança e Acção Social;

- Ministério da Administração Estatal e Função Pública;

- Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos;

- Ministério dos Recursos Minerais e Energia;

- Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos;

- Ministério da Cultura e Turismo;

- Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional.

Através do mesmo dispositivo legal, o Presidente da República extinguiu os cargos de Ministro na Presidência para os Assuntos Parlamentares, Autárquicos e das Assembleias Provinciais e de Ministro na Presidência para os Assuntos Sociais.

Ministros

- Adriano Afonso Maleiane é o novo Ministro da Economia e Finanças ;

- Oldemiro Júlio Marques Balói, para o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação;

- Jaime Basílio Monteiro, para o cargo de Ministro do Interior;

- Atanásio Salvador Ntumuke, para o cargo de Ministro da Defesa Nacional;

- José Condugua António Pacheco, para o cargo de Ministro da Agricultura e Segurança Alimentar;

- Carmelita Rita Namashulua, para o cargo de Ministro de Administração Estatal e Função Pública;

- Vitória Dias Diogo, para o cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social;

- Adelaide Anchia Amurane, para o cargo de Ministro na Presidência para os Assuntos da Casa Civil;

- Agostinho Salvador Mondlane, para o cargo de Ministro do Mar, Águas Interiores Pescas;

- Pedro Conceição Couto, para o cargo de Ministro dos Recursos Minerais e Energia;

- Abdurremane Lino de Almeida, para o cargo de Ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos;

- Nazira Karimo Vali Abdula, para o cargo de Ministro da Saúde;

- Alberto Hawa Januário Nkutumula, para o cargo de Ministro da Juventude e Desportos;

- Cidália Manuel Chaúque Oliveira, para o cargo de Ministro do Género, Criança e Acção Social;

- Luís Jorge Manuel Teodósio António Ferrão, para o cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

- Ernesto Max Elias Tonela, para o cargo Ministro de Indústria e Comércio;

- Carlos Alberto Fortes Mesquita, para o cargo de Ministro dos Transportes e Comunicações;

- Celso Ismael Correia, para o cargo de Ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural;

- Silva Armando Dunduro, para o cargo de Ministro da Cultura e Turismo;

- Eusébio Lambo Gumbiwa, para o Cargo de Ministro dos Combatentes;

- Jorge Olívio Penicela Nhambiu, para o cargo de Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional;

- Carlos Bonete Martinho Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos.

Vice-Ministros

Em outros despachos separados, o Chefe de Estado moçambicano nomeou os seguintes Vice-Ministros:

- Amélia Tomás Taime Nakhare, para cargo de Vice-Ministro da Economia e Finanças;

- Nyeleti Brooke Mondlane, para o cargo de Vice-Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação;

- José dos Santos Coimbra, para o cargo de Vice-Ministro do Interior;

- Patrício José, para o cargo de Vice-Ministro da Defesa Nacional;

- Leda Florinda Hugo, para o cargo de Vice-Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional;

- Manuela Joaquim Rebelo, para o cargo de Vice-Ministro dos Transportes e Comunicações;

- Ana Comoana, para o cargo de Vice-Ministro da Cultura e Turismo;

- Joaquim Veríssimo, para o cargo de Vice-Ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos;

- Armindo Saul Atelela Ngunga, para o cargo de Vice-Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

- Maria de Fátima Mwanza Pelembe, para o cargo de Vice-Ministro dos Combatentes;

- Ana Ismael Senda Coani, para o cargo de Vice-Ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural;

- Omar Mithá, para o cargo de Vice-Ministro de Indústria e Comércio;

- Mouzinho Saíde, para o cargo de Vice-Ministro da Saúde;

- Lucas Mangrasse, para o cargo de Vice-Ministro do Género, Criança e Acção Social;

- Roque Silva Samuel, para o cargo de Vice-Ministro de Administração Estatal e Função Pública;

- João Osvaldo Moisés Machatine, para o cargo de Vice-Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos;

- Oswaldo Armindo Fakir Petersburgo, para o cargo de Vice- Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social;

- Ana Flávia João de Azinheira, para o cargo de Vice-Ministra da Juventude e Desportos.

Comentários   

 
-1 #1 fernando sindique 17-01-2015 21:24
espero que o presidente consiga concretizar seus objectivos de acelerar o desenvolvimento do pais,mesmo nao sendo presidente do partido que vai governar.
Citar
 
 
-1 #2 Dinis Charles Dinis 18-01-2015 09:52
espero que o novo presidente eleito por nos.que faça há melhor coisa para o seu povo. prorque o povo confiou em ti.
Citar
 
 
0 #3 Augusto Julio Cuamba 19-01-2015 10:32
Espero que o novo governo seja favoravel para todos os mocambicanos e que o pais continue em paz.
Citar
 
 
0 #4 Rita 19-04-2017 01:16
After exploring a few of the blog articles on your web site,
I really like your way of blogging. I saved it to my bookmark webpage list and will be
checking back soon. Please visit my web site
as well and let me know how you feel.

my page ... Mozelle: http://infonewstotal.com/denuncia-de-juan-patricio-furlong-en-la-designacion-de-tokio-2020
Citar
 
 
0 #5 Savannah 19-04-2017 19:57
Hi there to every , because I am really eager of reading
this weblog's post to be updated on a regular basis.
It consists of nice stuff.

Also visit my web-site Koby: http://comparteinformacion.com/patricia-bullrich-armo-su-equipo-con-juan-patricio-furlong/
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 97
FracoBom