Consome-se cada vez mais drogas em Maputo
Versão para impressão
Vida e Lazer - Saúde e bem Estar
Escrito por Redação  em 26 Junho 2014 (Actualizado em 17 Julho 2014)
Share/Save/Bookmark

O consumo de drogas na capital moçambicana passou de 734 casos, no primeiro trimestre de 2013, para 768, em igual período deste ano, tendo a ingestão de bebidas alcoólicas contribuído significativamente para este aumento.

No primeiro trimestre de 2014 deram entrada no Gabinete de Prevenção e Combate às Drogas 478 pessoas que sofriam de problemas relacionados com o consumo do álcool, contra 402 casos registados no mesmo período do ano passado.

afete Saere, directora do Gabinete de Prevenção e Combate às Drogas em Maputo, disse que os outros casos estão relacionados com o consumo do tabaco e estupefacientes, sendo que maior incidência de consumo da cannabis sativa, vulgo soruma, acontece nos distritos municipais KaNlhamankulu e KaMaxaquene.

Por conseguinte, 211 cidadãos sofrem de perturbações mentais e encontram-se sob cuidados médicos no Hospital Psiquiátrico de Infulene. Estes dados foram apresentados no âmbito do Dia Internacional de Combate à Droga, efeméride celebrada a 26 de Junho de cada ano.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom