Faixa publicitária
Pergunta a Tina: após a ejaculação não sinto aquela sensação de alívio corporal-psicológico
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vida e Lazer - Pergunte a Tina
Escrito por Tina  em 25 Janeiro 2017 (Actualizado em 26 Janeiro 2017)
Share/Save/Bookmark

Boa tarde mana Tina, aqui Betinho, tenho 25 anos, e espero que esteja tudo bem consigo. Ando a preocupar-me bastante com minha saúde sexual. Eu comecei a namorar há sensivelmente seis anos e durante este período, me relacionei com algumas moças, e das vezes que tive experiências sexuais com elas nunca saí satisfeito. Isso porque durante as experiências sexuais que tive com elas, só sentia prazer no momento de ejaculação, e após a ejaculação não sinto aquela sensação de alívio corporal-psicológico e isso é acompanhado de ejaculação precoce e sempre depois da relação, sinto-me fatigado. Já não sei se a ansiedade seria um dos motivos pelos quais não senti prazer e a ejaculação precoce. Por favor peço ajuda, mana Tina.

Boa tarde, mano Betinho. Estou bem, obrigada, não sei o teu lado?

Fico contente por pedires ajuda para um problema tão privado. Realmente, se a tua preocupação já dura desde há seis anos, é natural que te seja difícil resolver o problema por ti só. Posso imaginar a frustração porque andas a passar e o respectivo impacto psicológico na tua vida. E parabéns também por já teres feito o teu próprio diagnóstico: ansiedade. O teu problema é mesmo esse, ansiedade apenas.

E não é tão complicado de resolver como se possa pensar.

Depende apenas de ti próprio. E não precisas tomar medicamentos ou receber tratamentos especiais. Tudo é apenas um problema de atitude própria perante o sexo.

Se queres deixar de ter ejaculação precoce, precisas deixar de pensar que sexo é igual a penetração e ejaculação. Sexo prazeroso não é isso.

O teu problema é só a ansiedade que tu próprio crias em relação ao orgasmo e ejaculação.

Tens que começar a encarar a(s) tua(s) parceira(s) não como um meio para atingir um orgasmo, ejaculando. Mas sim, como uma fonte de prazer, durante horas, se vocês quiserem, na maior das calmas e descontrações, sem pressas, naquilo a que costuma chamar-se “preliminares” – beijos, carícias, abraços, amasso, afagos, manipulações, titilações, e mil e uma outras maneiras, para além da penetração/ejaculação – que devem anteceder a penetração.

Não tenhas pressa, esquece o orgasmo e a ejaculação, concentra-te no prazer que o só o sexo pode dar, e verás que tudo vai fluir normalmente.

Podes estar certo de que em geral, podes fazer com que uma mulher se sinta plenamente satisfeita e realizada com estas carícias apenas, que lhes proporcionam muito prazer, e os orgasmos que vocês quiserem, durante o tempo que vos apetecer, principalmente se elas forem acompanhadas de muito amor e carinho.

E tu podes cavalgar esta onda, com muita calma e prazer...

A tua erecção, orgasmo e ejaculação nem fazem falta a uma mulher. A mulher não está nem aí.

Podes crer que a ternura, o carinho e o amor são incomparavelmente mais importantes para a maioria das mulheres.

Quanto à fadiga que sentes depois de ejacular, ela é normal. Todos os homens a sentem. Até porque, ao contrário das mulheres, que conseguem ter orgasmos repetidos sem dificuldade, a fisiologia do orgasmo masculino inclui um chamado período refractário, durante o qual todo o homem não consegue ter sequer uma erecção. Portanto, nesse aspecto não precisas preocupar-te. E deves imaginar que, logicamente, este período refractário poderá ser mais prolongado depois de uma frustrante ejaculação precoce e um orgasmo insatisfatório, não?

Querido mano Betinho, descontrai, pensa que o que se passa contigo não é mais que um desajuste que tu próprio podes transformar em temporário, que já outros milhões de jovens como tu ultrapassaram, e que tu vais conseguir dominar sozinho, de uma maneira muito simples: aprender a amar com naturalidade.

E não te esqueças que em geral, as mulheres possuem aquele tolerante instinto maternal misterioso, que tem o condão de deixar o homem à vontade, perante as suas frustrações sexuais, como a ejaculação precoce de que te queixas, e de que não precisas envergonhar-te.

E nunca te esqueças: o amor cura tudo! Boa sorte e boas sessões sexuais para ti!

Comentários   

 
0 #1 Fernando 30-01-2017 17:06
Ola, eu não entendi o caminho pra ultrapassar o problema do Betinho.
Gostaria que mana tina fosse a detalhar accoes concretas.
Obrigado
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 5
FracoBom