Faixa publicitária
Xiconhocas da semana: Polícias que violentaram médicos; Perseguidores da AJUDEM; Governo
Xiconhoca
Escrito por Redação  em 25 Agosto 2018 (Actualizado em 26 Agosto 2018)
Share/Save/Bookmark

Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:

Polícias que violentaram médicos

A Polícia moçambicana é o exemplo mais acabado de um bando de indivíduos quadrados, que só sabem usar a força para resolver uma situação. O caso mais recente está relacionado com a agressão perpetrada contra dois médicos afectos ao Hospital Central de Maputo. Esse bando de Xiconhocas que se diz Polícia da República de Moçambique (PRM) destratou aqueles profissionais alegadamente porque negligenciaram a saúde de um paciente que morreu, cujo familiar é membro da PRM.

Perseguidores da AJUDEM

Definitivamente, estamos a anos -luz para nos tornarmos num país verdadeiramente democrático. Prova disso é a vandalização dos escritórios da Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Moçambique (AJUDEM), supostamente por indivíduos desconhecidos. Está claro que essa acção vergonhosa tem a mão dos suspeitos de constume, que já nos habituaram eleições viciadas.

Governo

O Governo da Frelimo é, sem dúvidas, um dos governos mais cómicos e insensato que existe na face da terra. Após aprovar o Decreto 40 que é na verdade um atentado a liberdade de imprensa, o Governo da frelimo veio a público reconheceu que a criação do Decreto 40 não foi precedido de consultas com os intervenientes, como aliás tem feito em toda legislação. O mais caricato é que deixou o decreto entrar em vigor. No auge da sua estupidez, decidiu criar comissão para rever as taxas que são inconstitucionais. Bando de inúteis!

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom