Faixa publicitária
Mamparra of the week: Afonso Dhlkama
Mamparra of the Week
Escrito por Luís Nhachote  em 15 Janeiro 2015
Share/Save/Bookmark

Meninas e Meninos, Senhoras e Senhores, Avôs e Avós

O mamparra desta semana é Afonso Macacho Marceta Dhlkama, o líder do (ainda) maior partido da oposição em Moçambique, por uma multiplicidade de mamparrices que ele vem praticando há anos, e que se acentuam nos dias que correm.

Sabidas do curso das entranhas do processo político em Moçambique, onde no léxico predomina a palavra FRAUDE, o líder da Renamo apareceu após o processo eleitoral a exigir a formação de um “Governo de gestão”, e num ‘volte-face’ proclama a “República do Centro e Norte”, adensando a instabilidade no país que era suposto ele amar, uno e indivisível tal como está previsto na Lei-Mãe.

Em incoerências ao alcançe dos que com a estúpidez coabitam, Afonso Dhlakama está a caminhar para um pricipício político, onde a cada dia novo se contradiz em praça pública, onde se tem apresentado de óculos escuros, quer faça sol ou chuva...

Afinal o que realmente quer o autoproclamado “pai da democracia?” Noutro extremo, homens por si indicados, em sede e mesa de conversações que se realizam há mais de dois anos, discutem em modelos concordados, os termos que devem devolver o clima de paz e todos os seus condimentos no país, uma vez violada!

São estes cenários prenhes de surrealismo que fazem o ego do líder da Renamo, uma formação política que já esteve à beira do poder há alguns anos?

Se Dhlakama gostaria de estar pessoalmente nessas negociações, porque não toma parte e discute lá uns a$$$untos que não são do conhecimento da maioria do partido?

Sim, porque no tempo do seu “Irmão Chissano”, após esses tipos de A$$$untos, no adorno para a fotografia, ele sempre aparecia a $orrir. E que $$$orisso!!! Será que a sua estadia em Gorongosa foi mesmo de livre vontade ou, como disse um seu general, que ele foi mandado para lá?

O que será que o motivou a tomar tal decisão? A Renamo, se quiser sobreviver, antes que se afunde com as mamparrices do seu líder, deve fazer uma rápida introspecção, pois está à beira do precipício.

Os 89 deputados eleitos pelo “POVO”, não tomaram posse na Assembleia da República, devido às ordens nesse sentido emanadas por Dhlakama!!!

É o cúmulo da arrogância a passear, sem freios, a sua classe. Alguém tem que pôr um travão neste tipo de mamparrices.

Mamparras, mamparras, mamparras.

Até para a semana, juizinho e bom fim-de-semana!

Comentários   

 
0 #1 velasco 18-07-2015 13:34
O Lider da renamo esta sempre a se contradizer...e com isso ele acabou perdendo seguidores ca em nampula.
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 11
FracoBom