Faixa publicitária
Esperança Bias desmantela CA de Verónica Macamo no Parlamento
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Democracia
Escrito por Redação  em 20 Fevereiro 2020 (Actualizado em 25 Fevereiro 2020)
Share/Save/Bookmark

Foram eleitos nesta quinta-feira (20) novos membros para o Conselho de Administração (CA) da Assembleia da República (AR), um órgão criado por Verónica Macamo para gerir a seu bel-prazer os fundos da “Casa do povo”.

Por consenso das três bancadas parlamentares foram eleitos para o CA do Parlamento os deputados do partido Frelimo Conceita Sortane, Carlos Moreira Vasco, Chrispen Matches e Alsácia Chochoma. A Renamo indicou Gania Mussagy e Francisco Maingue.

Do Conselho de Administração da Legislatura passada sobreviveu apenas Moreira Vasco num órgão criado por Verónica Macamo, onde fazia parelha com António Amélia e Manuel Chang, para usurpar as atribuições que organicamente eram do Secretariado-Geral da AR.

O @Verdade sabe que a criação do CA permitiu a anterior presidente gerir os biliões que o Parlamento recebe e tirar vantagens nas aquisições de bens e serviços.

A má gestão do Conselho de Administração de Verónica Macamo tornou-se evidente quando a Assembleia da República sofreu corte no fornecimento de energia por falta de pagamentos à Electricidade de Moçambique.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom