Faixa publicitária
Assassinos de menor com albinismo condenados a 20 anos de prisão em Nampula
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 12 Novembro 2019
Share/Save/Bookmark

Dois cidadãos foram condenados a penas de 20 anos de prisão maior, pelo Tribunal Judicial da Província de Nampula, pelo rapto e assassínio de uma menor portadora de albinismo que desmembraram com o intuito de traficar partes do seu corpo.

O crime aconteceu em Maio no Distrito de Murrupula tendo a rapariga, menor de idade, sido raptada da residência dos país, assassinada numa mata e os seus braços e pernas decepados para serem vendidos no Malawi.

No julgamento que envolvia três arguidos o juiz da 4ª Seccção Criminal do Tribunal Judicial da Província de Nampula absolveu um dos réus, por insuficiência de provas, e condenou os restantes dois a 20 anos de prisão maior. Contudo a Procuradoria da República na Província de Nampula considerou a sentença branda.

“Não sabemos o que se passou no tribunal mas achamos que a condenação podia ser muito mais pesada para desencorajar este tipo de comportamento”, declarou a representante do Ministério Público, Maria Albuquerque, citada pelo jornal Notícias, tendo referido que por crime semelhante outros cidadãos foram condenados a 40 anos de prisão naquela província do Norte de Moçambique.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 3
FracoBom