Faixa publicitária
Disparidade de género à favor do sexo masculino na Educação primária em Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Redação  em 17 Setembro 2019 (Actualizado em 20 Setembro 2019)
Share/Save/Bookmark

O Índice de Paridade de Género (IPG) de alunos matriculados no ensino público, turno diurno e nocturno indica que mantém-se em Moçambique uma “disparidade de género à favor do sexo masculino em todas as províncias”.

Instituto Nacional de Estatística 2018O IPG, elaborado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), revela que dos 6.436.670 alunos matriculados no Ensino público primário no nosso país, nos turnos diurno e nocturno, continua a existir “disparidade de género a favor do sexo masculino em todas as províncias”.

No entanto a Cidade e Província de Maputo, e as província de Gaza Inhambane e Tete “apresentaram tendência de equilíbrio de género, pois o IPG esta no intervalo entre 0,95 a 1,04”, indica o documento do INE.

No que diz respeito ao ensino secundário, onde em 2018 foram matriculados 1.080.223 de alunos “todas províncias apresentam disparidade por sexo”, contudo “as províncias da região Norte e Centro, apresentam disparidade a favor do sexo masculino enquanto a região Sul a favor do sexo feminino”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom