Faixa publicitária
Migrantes ilegais vindos da Etiópia detidos em Manica
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 09 Julho 2019
Share/Save/Bookmark

A Polícia da República de Moçambique deteve, no Distrito de Bárue, na Província de Manica, 15 cidadãos com nacionalidade etíope que entraram no nosso país ilegalmente e tentavam chegar à África do Sul.

O porta-voz dos Serviços provinciais de imigração, Jorge Machava, disse a jornalistas que o grupo estava a ser transportado numa viatura com matrícula sul-africana foi interceptado quando se encaminhava para a fronteira de Machipanda para entrar em território do Zimbabwe.

Jorge Machava esclareceu que o grupo é composto por dez mulheres e cinco homens, com idades entre os 17 e os 40 anos de idade, e que os documentos que apresentarem revelaram que o grupo viajou legalmente até ao Malawi, entrou ilegalmente em Moçambique e tinha como destino final a África do Sul.

A autoridade de imigração revelou que esta é a rota habitual dos migrantes ilegais que tentam chegar a maior economia da Região aproveitando as facilidades da fronteira entre o Malawi e Moçambique e entre o nosso país e o Zimbabwe.

Só no 1º semestre desde ano foram detidos 150 estrangeiros na Província de Manica, mais 20 do que em igual período de 2018, que haviam entrado ilegalmente em Moçambique.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom