Faixa publicitária
Afogamentos matam no centro de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 20 Fevereiro 2019
Share/Save/Bookmark

Pelos menos cinco pessoas, duas das quais pai e filho, perderam a vida vítimas de afogamento, quando limpavam poços e por arrastamento pela água da chuva, no fim-de-semana, nas província da Zambézia, de Manica e Sofala.

Três pessoas encontraram a morte quando limpavam um poço caseiro com recurso a um moto-bomba, no sábado (16), no distrito de Gorongosa (Sofala). São escassas as informações sobre o que se passou a ponto de terminar em tragédia.

No mesmo acidente, outro indivíduo sobreviveu, mas com ferimentos graves e foi socorrido para o Hospital Distrital de Gorongosa, durante uma tentativa de salvar os companheiros.

Ainda na região centro do país, um jovem de 17 anos de idade e o seu pai morreram afogados num poço, também no fim-de-semana, no distrito de Molumbo, na Zambézia.

As autoridades policiais disseram que a tragédia aconteceu quando o jovem, no fundo do referido poço, gritou pelo socorro. O seu pai morreu junto quando pretendia acudir, tendo escorregado para o fundo.

Em Manica, um homem cuja identidade não apurámos morreu afogado rio Nhaurire, na cidade de Chimoio.

Segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM) naquela parcela do país, o malogra foi arrastado pela corrente de água no momento em que pretendia atravessar o rio em alusão, num dia de chuva.

Na sequência do acidente, o finado sofreu escoriações graves, porquanto embateu com a cabeça em pedregulhos e troncos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom