Faixa publicitária
Detidos suspeitos de estuprar uma criança na Matola
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 10 Outubro 2018
Share/Save/Bookmark

Dois jovens de 20 anos de idade encontram-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), no município da Matola, província de Maputo, indiciados de agredir sexualmente uma criança de 13 anos de idade.

Segundo a Polícia, a vítima é órfã de pais e ela vive no Infantário 1o. de Maio, na cidade de Maputo, de onde saiu para visitar familiares na Matola.

Chegado à Matola-Gare, naquele ponto do país, a criança não conseguiu localizar a residência dos parentes. Era por volta das 22h00 de sábado (06). Na circunstância, os supostos agressores sexuais ofereceram-se para ajudar a miúda.

Porém, o que parecia uma acção de boa-fé por parte dos acusados, transformou-se num pesadelo para a adolescente. Esta, em vez da casa dos familiares, foi encaminhada para uma residência, onde teria sido estuprada.

Os dois acusados admitiram que mantiveram cópula com a miúda, supostamente depois uma conversação. Ela disse que tinha 17 anos de idade, contaram os suspeitos.

Consumada a cópula, os malfeitores abandonaram a miúda à própria sorte. Desesperada, ela desabafou com um grupo de populares, com ajuda dos quais contactou a Polícia.

O porta-voz da PRM, município da Matola, Fernando Manhiça, apelou aos pais e encarregados de educação a redobrarem a atenção com os filhos e evitarem que eles se façam à rua sozinhos, principalmente à noite.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom