Faixa publicitária
Mulher acusada de matar enteada em Maputo
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 26 Setembro 2018
Share/Save/Bookmark

Uma criança de 4 anos de idade morreu vítima de agressão física, supostamente protagonizada pela madrasta, na semana finda, na capital moçambicana.

O caso aconteceu na última quinta-feira (20), no bairro de Xipamanine, periferia de Maputo. A indiciada, que não aceitou prestar declarações em torno do facto, tem 26 anos de idade e o marido acredita na sua inocência.

O @Verdade apurou de familiares da vítima que esta era constantemente submetida a maus-tratos e, vezes sem conta, foi privada de refeições com o conhecimento do próprio pai.

Em declarações à nossa Reportagem, algumas pessoas próximas ao casal que perdeu a criança disseram que, depois do sucedido, a mulher alegou que a miúda morreu por doença.

O argumento não convence a vizinhança porque, segundo contaram, poucos dias antes do fatídico acontecimento a menina foi vista a brincar com as outras crianças da zana onde vivia.

“Ele parecia estar bem saudável. Nós não acreditamos que ela morreu por doença porque apresentava algumas lesões no corpo. Não eram graves mas a menina sofria maus-tratos naquela casa e o pai dela ficava indiferente”, disse uma fonte.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom