Faixa publicitária
Funcionário detido por facilitar falsificação de documentos em Maputo
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 28 Maio 2018
Share/Save/Bookmark

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) deteve um funcionário da Direcção Nacional de Identificação Civil (DNIC), em pleno expediente laboral, na companhia de outro cidadão, no passado fim-de-semana, na capital do país, por alegado conluio na falsificação de documentos.

O trabalhador em causa recebeu um suborno de mil meticais para facilitar a obtenção de bilhete de identidade para um cidadão moçambicano residente na África do Sul, que pretendia obter um passaporte novo.

Os dois presumíveis coniventes saíram das instalações de identificação civil algemados e escoltados pelos homens do SERNIC. O indivíduo que vive na vizinha “terra do rand” alegou que não sabia que a via para a qual foi arrastado com vista a obter o seu documento era ilegal.

Segundo as suas palavras, o funcionário assegurou-lhe que não havia problema e podia confiar nos seus serviços. Contudo, o visado defendeu-se argumentando que é inocente.

O @Verdade apurou de fontes do DNIC que não é a primeira vez que o empregado acima mencionado se envolve em actos similares, mas ainda não tinha sido encontrado.

Acredita-se foi denunciado por terceiros. Alberto Sumbane, porta-voz do DNIC, disse que o seu colega foi apontado pelo seu suposto comparsa, quando este foi descoberto e submetido ao interrogatório, como sendo o facilitador do esquema de falsificação de documentos.

Aliás, as autoridades confiscaram um assento de nascimento supostamente falso, com o qual o concidadão residente na África do Sul pretendia tratar o bilhete de identidade.

Apesar de o problema a que nos referimos constituir uma prática que prevalece há anos naquela instituição do Estado, Alberto Sumbane minimizou a situação ao considerar que há tolerância zero aos casos de falsificação de documentos.

Por via disso, seis funcionários foram expulsos este ano por alegado envolvimento nesse tipo de esquema.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom