Faixa publicitária
Nove pessoas morrem após consumirem tubérculo no Niassa
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 24 Abril 2018
Share/Save/Bookmark

Volvido um ano, o luto abateu-se, novamente, sobre o distrito de Cuamba, província do Niassa. Nove pessoas da mesma família perderam a vida após consumirem de um tubérculo silvestre supostamente venenoso, confirmou a Polícia da Republica de Moçambique (PRM), que, porém, colheu amostras para exame no laboratório de criminalista em Nampula.

Segundo as autoridades policiais, o tubérculo foi colhido no mato por uma mulher que é parente das vítimas.

Das 14 pessoas que consumiram o produto, no posto administrativo de Etatara, pelo menos nove morreram, sendo seis no local dos factos, duas a caminho do Centro de Saúde de Nwanamunepa e uma no Hospital Rural de Cuamba. Não é a primeira vez que Niassa é assolada por uma morte desta natureza.

Curiosamente, em Abril de 2017, precisamente no dia 23, 10 pessoas da mesma família pereceram, alegadamente à conta de uma intoxicação alimentar, povoado de Namanha, em Cuamba.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom