Faixa publicitária
Membro da Polícia baleia colega em Lichinga
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 14 Fevereiro 2018
Share/Save/Bookmark

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM) contraiu fermentos em consequência de um disparo efectuado pelo seu colega, durante o trabalho, na cidade de Lichinga, província do Niassa.

A vítima, cuja identidade não foi revelada pela corporação, e afecta ao sector de recursos naturais e ambiente, estava internada no Hospital Provincial de Lichinga (HPL) e já teve alta médica.

As autoridades policiais não forneceram detalhes sobre a ocorrência, mas disseram que o disparo foi acidental, devido à inobservância das normas de manuseamento de armas de fogo.

O @Verdade apurou que o autor do disparo foi alvo de uma sanção, acusado de negligência na conservação do instrumento bélico que estava em sua posse, e porque tal podia ter custado a vida do seu colega.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom