Faixa publicitária
Polícia priva liberdade de presumíveis ladrões em Quelimane e Nampula
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 13 Fevereiro 2018
Share/Save/Bookmark

Pelo menos oito indivíduos encontram-se a ver o sol aos quadradinhos, desde a semana finda, nas esquadras das cidades de Quelimane, na província da Zambézia, e Nampula, província com o mesmo nome, indiciados de assaltos a residências e cometimento de abusos sexuais durante as suas incursões.

No caso de Quelimane, quatro supostos larápios estão encarcerados nas celas da 2a. esquadra. Segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM), os acusados perpetraram vários assaltos a residências com recurso a instrumentos contundentes.

Nalgumas situações, os visados submeteram as suas vítimas a maus-tratos, para de se apoderarem de diversos bens, sobretudo electrodomésticos.

Em Nampula, uma outra quadrilha caiu nas mãos da corporação por alegado roubo estupro.

Zacarias Nacute, porta-voz da PRM em Nampula, disse numa das suas incursões, alguns integrantes do grupo escalaram uma casa no bairro de Carrupeia, onde roubaram e à saída abusaram sexualmente da proprietária do domicílio.

Um dos indivíduos a contas com os agentes da Lei e Ordem é considerado reincidente no crime de que é acusado.

Segundo Nacute, os cidadãos em questão criavam pânico em diferente pontos da cidade de Nampula e já eram procurados há tempos.

Quer no caso de Quelimane, quer no caso de Nampula, os suspeitos foram surpreendidos na posse de catanas e outros instrumentos contundentes.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom