Faixa publicitária
Jovem assassina a mãe por suposta feitiçaria no Guijá
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 18 Maio 2017
Share/Save/Bookmark

Um jovem de 30 anos de idade foi detido pela Polícia da República de Moçambique (PRM) em Gaza, acusado de assassinar a sua própria mãe, supostamente porque era feiticeira.

O caso deu-se no distrito de Guijá. Para lograr os seus intentos, o indiciado recorreu a uma arma de fogo do tipo pistola cuja proveniência não foi revelada pela autoridades.

Refira-se que dois irmãos também encontram-se privados de liberdade, no distrito de Guro, província de Manica, indiciados de matar a própria mãe, supostamente porque os enfeitiçava.

Um outro indivíduo de 62 anos de idade foi igualmente recolhido aos calabouços, no distrito de Chibuto, incriminado de acabar deliberadamente com vida da sua mulher, supostamente porque ela preparou uma galinha para a refeição sem o consentimento do marido.

A PRM em Gaza deplorou os dois homicídios e disse que é inacreditável um filho matar a mãe alegadamente por ser feitiçaria e um esposo colocar um termo à vida da sua consorte só porque cozinhou uma galinha sem permissão.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom