Faixa publicitária
Armas, droga e combustível apreendidos nas três regiões de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 16 Fevereiro 2017
Share/Save/Bookmark

A Polícia da República de Moçambique (PRM) apreendeu 15 armas de fogo, 74 munições, 12.733 litros de combustível e 278.518 quilogramas de “cannabis sativa”, vulgo suruma, há dias, na cidade de Maputo e nas províncias de Gaza, Inhambane, Tete, Manica, Zambézia, Nampula e Niassa.

Os 12.733 litros de combustível, que eram vendidos no mercado negro e a preços especulativos devido à crise que se fez sentir, há dias, no país, foram confiscados nas províncias de Gaza, Inhambane, Manica e Nampula. Desta quantidade, pelo menos 802 litros de diesel e 333 de gasolina foram apreendidos só em Gaza, a serem comercializados “de forma ilegal, sem observância a condições de segurança e colocando em risco a saúde dos próprios vendedores” e de pessoas nas imediações, segundo o Comando-Geral da PRM.

Inácio Dina, porta-voz daquela instituição do Estado, disse que ocorrem acidentes graves por conta do “manuseamento inseguro e ilegal de combustível”. Relativamente aos instrumentos bélicos, a corporação confiscou, na semana passada, na cidade de Maputo, em Gaza, Tete, Zambézia, Nampula e Niassa nove armas de fogo e 68 munições das mãos de supostos criminosos e em alguns esconderijos.

Na semana anterior a que nos referimos, oito armas de fogo também já tinham sido apreendidas e seis nas mesmas circunstâncias. Numa outra operação, a PRM confiscou 46.926 meticais em Sofala, 36.926 meticais em Manica e 10.000 em Nampula.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom