Faixa publicitária
Chuvas nos países vizinhos trazem água para o Limpopo e Umbeluzi
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Adérito Caldeira  em 04 Janeiro 2017
Share/Save/Bookmark

O novo ano chegou com alguma água para a Região Sul de Moçambique, devido as chuvas que têm estado a cair na África do Sul e na Suazilândia, originando uma subida considerável do nível rio Limpopo.

“Na região Sul do País, a bacia do Limpopo em Combomune registou uma subida considerável do nível hidrométrico, tendo atingido e superado o nível do alerta em 0.14 metros às 12 horas de hoje, dia 03/01/2017, como resultado de escoamento proveniente de montante”, indica o boletim hidrológico nacional emitido pelo Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídirocos.

Além disso, o boletim diário, refere que “Na região Sul, as albufeiras dos Pequenos Libombos, Corumana e de Massingir registam níveis de enchimento de 14.0%, 11.0% e 52.0%, a efectuarem descargas da ordem de 3.0 m3/s, 0.0 m3/s e 0.0 m3/s, respectivamente” e prevê para as próximas 48 horas, “a continuação de subida do nível hidrométrico na bacia do Limpopo, sobretudo, na estação de Chókwè, igualmente espera-se a subida do nível de água na barragem de Macarretane”.

Face a esta situação a direcção nacional de gestão de recursos hídricos “apela a população e a sociedade em geral para a observância de medidas de precaução ao se fazerem aos rios, particularmente na bacia do Limpopo, igualmente recomenda-se ao acompanhamento da informação hidrológica emitida diariamente, uma vez estando no período chuvoso”.

O rio Umbeluzi, de onde provêm a água potável para as cidades de Maputo, Matola e Boane, e que fechou o ano de 2016 com o leito seco registou nesta terça-feira(03) um nível 2,25 metros.

Entretanto ainda indicação actualização oficial sobre a situação de seca que o Sul e Centro de Moçambique vivem desde 2015.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom