Faixa publicitária
Professores indiciados de tráfico de albinos em Namialo
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 04 Setembro 2015
Share/Save/Bookmark

Oito indivíduos, dois deles professores, foram detidos na passada terça-feira, no posto administrativo de Namialo, distrito de Meconta, na província de Nampula, indiciados de envolvimento num esquema que visava o rapto de dois cidadãos portadores de albinismo para venda ao preço de três milhões de meticais.

Segundo o procurador Cristóvão Mondlane, que esteve em frente da operação que culminou com a neutralização dos indiciados-confessos, os albinos que seriam traficados respondem pelos nomes de Fania João, de 35 anos, e Samito Wazize, de 12 anos de idade.

Uma fonte da direcção distrital de Educação em Meconta confirmou ao jornal Notícias a detenção dos dois professores. Ainda segundo o matutino os dois presumíveis traficantes de seres humanos confessaram que seriam apenas intermediários na referida “operação” e que o rapto estava a cargo de um terceiro indivíduo, por sinal parente do cidadão albino.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom