Faixa publicitária
Santo Padre usa exemplo da marrabenta e pandza para pedir “não deixem de fora os vossos idosos”
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Adérito Caldeira  em 05 Setembro 2019
Share/Save/Bookmark

Durante o encontro inter-religioso que realizou nesta quinta-feira (05), na Cidade de Maputo, o Santo Padre pediu aos jovens para não deixarem “de fora os vossos idosos”, disse que “os idosos são as nossas raízes” dando como exemplo “a marrabenta, incorporastes outros modernos, e nasceu o pandza”.

Na espécie de catequese que orientou no pavilhão do Maxaquene o Papa Francisco pediu aos jovens “não deixem de fora os vossos idosos”, argumentando que “os idosos são as nossas raízes”.

“Pensai bem! Se uma pessoa vos fizer uma proposta dizendo para ignorardes a história, não aproveitardes da experiência dos mais velhos, desprezardes todo o passado olhando apenas para o futuro que essa pessoa vos oferece, não será uma forma fácil de vos atrair para a sua proposta a fim de fazerdes apenas o que ela diz? Aquela pessoa precisa de vós vazios, desenraizados, desconfiados de tudo, para vos fiardes apenas nas suas promessas e vos submeterdes aos seus planos. Assim procedem as ideologias de variadas cores, que destroem (ou desconstroem) tudo o que for diferente, podendo assim reinar sem oposições. Para isso, precisam de jovens que desprezem a história, rejeitem a riqueza espiritual e humana que se foi transmitindo através das gerações, ignorem tudo quanto os precedeu”, desafiou aos milhares de jovens.

O Santo Padre continuou “as gerações anteriores têm muito a dizer-vos, a propor-vos” e admitiu “que às vezes nós, os idosos, o fazemos de forma impositiva, como advertência, metendo medo; ou pretendemos que façais, digais e vivais exactamente como nós. Vós tereis de fazer a vossa própria síntese, mas escutando, valorizando aqueles que vos precederam”.

“Não foi isto o que fizestes com a vossa música? Ao ritmo tradicional de Moçambique, a marrabenta, incorporastes outros modernos, e nasceu o pandza. O que escutáveis, o que víeis cantar e dançar a vossos pais e avós, assumiste-lo como próprio. Este é o caminho que vos proponho: um caminho feito de liberdade, entusiasmo, criatividade, horizontes novos, mas cultivando ao mesmo tempo as raízes que nutrem e sustentam”, sugeriu o Pontífice argentino.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom