Faixa publicitária
Crianças com tuberculose já podem ser tratadas com medicamento apropriado nos hospitais moçambicanos
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vida e Lazer - Saúde e bem Estar
Escrito por Redação  em 09 Novembro 2017
Share/Save/Bookmark

Moçambique já dispõe de medicamentos adequados para tratamento da tuberculose em crianças, o que durante muito tempo era impossível, pois a terapia nesta faixa etária era mais difícil por causa da necessidade de dividir e/ou esmagar uma série de comprimidos, o que gerava incerteza em relação à toma da dose correcta e propiciava a ocorrência da tuberculose resistente a medicamentos.

Para inverter o cenário, o Ministério da Saúde (MISAU) lançou, quinta-feira (09), um novo regime de tratamento da tuberculose em crianças, designado “doses fixas combinadas”, que estará disponível em todos os hospitais nacionais.

Nazira Abdula, ministra da Saúde, disse que, durante muito tempo, não havia medicamentos adequados para o tratamento da tuberculose em crianças. Era assim em todo o mundo.

Antes da introdução do referido tipo de tratamento, “para conseguir a dose correcta, os prestadores de cuidados de saúde em todo mundo precisavam dividir ou esmagar uma série de comprimidos, muitas vezes amargos, o que tornava o tratamento ainda mais difícil e resultava na incerteza se as crianças tinham ou não recebido a dose correcta de medicamentos”, explicou a governante.

Por causa disso, o tratamento da tuberculose em crianças era ineficaz e contribuía para o aumento das taxas de tuberculose resistente aos medicamentos nesta faixa etária.

Com uma taxa de aproximadamente 160 mil novos casos de tuberculose por ano, Moçambique é considerado um dos países com maior taxa desta enfermidade no mundo. Daquele número, pelo menos 23 mil são crianças.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom