Faixa publicitária
Mais de 20 agentes da Polícia expulsos por cometer infracções no país
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Nelson Miguel  em 12 Fevereiro 2013
Share/Save/Bookmark

Mais de 20 agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) foram, no ano passado, expulsos sob acusação de terem cometido vários crimes, segundo o Comandante-Geral, Jorge Khalau.

Ele não disse de que províncias são os visados, mas referiu que eles não podem se distrair da sua missão de combater o crime, os sequestros, a corrupção e entre outros males para se dedicar a actos que não coadunam com a disciplina imposta na corporação.

“A luta contra a criminalidade deve começar de dentro para fora da Polícia”, disse Khalau que falava numa cerimónia de patenteamento de 74 membros da PRM em Nampula. Pediu a união de várias instituições como tribunais e procuradorias para juntos combaterem o crime organizado.

O comandante chamou à atenção os novos patenteados no sentido provarem com trabalho o merecimento da distinção. “As patentes que hoje recebem que sejam valorizadas porque a sua atribuição é sinal do esforço que cada um de nós faz no combate ao crime.”

Refira-se que dos 74 agentes da PRM promovidos, cinco são oficiais subalternos, 53 oficiais subalternos, 12 sargentos e quatro guardas.

Comentários   

 
0 #91 Jude 15-05-2018 16:29
Face aux menaces de pirates en tous genres, à notre époque,
on ne peut plus se permettre d'utiliser des ordinateurs infectés.


Also visit my web blog reparer mon PC: http://www.alosys.com/
Citar
 
 
0 #92 Bruce 18-05-2018 07:21
Excellent article ߋveг aցaіn. Thanks a lot.



Feel free to surf t᧐ my webpage guong trang
tri: https://guongbi.com/
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 4
FracoBom