Faixa publicitária
Areias pesadas de Moma: actuais níveis de contaminação humana não representam perigo
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por {ga=fchuquela}  em 21 Novembro 2011

Os actuais níveis de contaminação das populações residentes nas áreas adjacentes às minas de exploração de areias pesadas de Moma, província nortenha moçambicana de Nampula, derivados do consumo de água, inalação do pó e outros riscos decorrentes da actividade de mineração naquela região, não representam nenhum perigo de vida, segundo assegura a Kenmare Resources, a firma responsável pelo processo de escavação daqueles minérios.

Segundo o relatório do Programa de Gestão de Radioactividade da empresa (PGR), citado pelo jornal Wamphula Fax, a taxa actual de dose de contaminação por exposição à água, pó e outras fontes, é de 0,029 mSv/ano, nível considerado muito abaixo dos mínimos fixados pela Agência Internacional de Energia Atómica.

De acordo com aquela Agência, para os membros da população, a exposição de todas as vias, tais como beber água, alimentos que foram irrigados com a água, bem como a inalação de pó da actividade de mineração, não devem exceder 1mSv/ ano” - frisa.

O Wamphula Fax diz ter em seu poder dados segundo os quais o Titânio, o principal minério ali explorado para extracção de ilminite, é radioactivo e tem a tendência de acumular-se nos tecidos biológicos humanos.

Para riscos de género, a fonte do jornal refere que os elementos radioactivos presentes nas areias pesadas ali exploradas são em quantidades muito baixas. Porém, não obstante, o PGR garante que os perigos de radiação, impactos e riscos de operação têm sido não só identificados, como devidamente geridos.

Ano passado, um especialista em radiação foi a Topuito recomendar melhorias nos procedimentos da empresa, para além de conduzir uma reavaliação da radioactividade e treinar a equipa responsável pelas questões ambientais.

A Kenmare Resources, que explora o projecto de areias pesadas de Moma, produziu, ano passado, cerca de 720,2 mil toneladas de Ilminite, Zircão e Rutilo, dos quais logrou vender 712,9 mil toneladas.

A capacidade total da mina da Kenmare é de 180 milhões de toneladas de ilminite, 12 milhões de Zircão e 4 milhões de Rutilo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom