Faixa publicitária
Professores celebram o seu dia
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Hermínio José  em 12 Outubro 2011

Celebra-se, hoje, 12 de Outubro, o dia nacional do professor e simultaneamente os 30 anos da Organização Nacional dos Professores (ONP), sob o lema “Por uma ONP/SNPM sindicalizada para os novos desafios na educação em Moçambique”.

O secretário-geral da ONP, Alípio Siquisse disse que durante os 30 anos de existência, a sua organização procura responder os interesses e anseios dos professores, que se circunscrevem na melhoria das condições de trabalho, o que passa pela alocação de meios didácticos para facilitar o trabalho, criação das condições de habitação para os professores, lutar pela motivação do professor, esta que se deve reflectir sobretudo na promoção e progressão da carreira profissional.

Entretanto, Alípio Siquisse disse que a Organização Nacional dos Professores tem como maior desafio, a sua transformação em sindicato, esta intenção remonta desde a realização do II Congresso em 2006, “um dos grandes problemas é que por não sermos um sindicato, não podemos discutir a mesma mesa com o governo questões relacionadas com o salário, agora só nos limitamos em cumprir o que os governantes decidem”, conta para depois acrescentar que neste momento decorrem negociações com o governo no sentido deste criar um regulamento que abra espaço para a ONP transformar-se num Sindicato Nacional dos Professores.

Por seu turno, o Director da Educação da Cidade de Maputo, Gedeão Jamo, disse que os professores desempenham uma função indispensável e nobre na sociedade, por isso, o trabalho do professor deve reflectir-se directa ou indirectamente no desenvolvimento do país, “sem bons professores, nunca teremos bons estudantes e, por consequência disso não teremos bons profissionais, mas o professor sozinho não pode fazer quase nada, é preciso que toda a sociedade dê o seu contributo nesse sentido”, adverte.

Jamo, mesmo reconhecendo as dificuldades por que passam muitos professores aqui em Moçambique, apelou para que os profissionais desta classe, transformem as dificuldades em desafios e estes em oportunidades, “temos que saber gerir os poucos recursos que temos ao nosso dispor, mas lutando para termos mais e chegarmos onde pretendemos”, apela.

As celebrações centrais do 12 de Outubro, dia do professor, decorrem em Chilembene, província de Gaza. A escolha deste local foi uma das formas de elogiar o saudoso e criador desta organização, o Primeiro-Presidente de Moçambique independente, Samora Machel, que nasceu naquele distrito.

Refira-se que no âmbito da criação da Organização Nacional dos Professores em 1989, Samora Machel, proferiu alguns dizeres como, “Definir a escola como a base para o povo tomar o poder”, “A educação é a tarefa de todos nós”, fim de citações.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom