Faixa publicitária
Obras da segunda ponte sobre o Zambeze arrancam ainda este ano
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Danúbio Mondlane  em 02 Fevereiro 2011
Share/Save/Bookmark

O governo moçambicano reafirma que as obras de construção da segunda ponte sobre o rio Zambeze, na província central de Tete, vão arrancar ainda no decurso de 2011 e durar entre três a quatro anos.

O custo da nova ponte, a seis quilómetros a jusante da Ponte Samora Machel, está avaliado em mais de 70 milhões de euros a serem desembolsados pelo governo moçambicano e parceiros de cooperação.

Francisco Pereira, Vice- Ministro das Obras Públicas e Habitação, que revelou o facto hoje, em Maputo, disse que uma concessionária irá construir e garantir a respectiva manutenção das infraestruturas, por um período de 30 anos.

Para o efeito, está já fase conclusiva o projecto final da ponte com cerca de dois quilómetros de extensão, que estabelecerá uma ligação entre a cidade de Tete, capital da província do mesmo nome, e a Vila Municipal de Moatize, que vai virar, nos próximos tempos, o maior centro de mineração carbonífera do país.

Além da nova ponte, está igualmente prevista a construção de 16 quilómetros de estrada nos dois lados do leito do Zambeze, assim como um dique de protecção das minas de carvão em Moatize.

A manutenção destas rodovias, incluindo da nova ponte, estarão a cargo da concessionária, bem como as estradas que vierem a ser construídas naquela província durante esse período. Assim, fica evidente que Tete passará a contar, nos próximos tempos, com portagens nas suas estradas.

A finalização das obras da nova ponte vai, segundo o viceministro, reduzir drasticamente o elevado volume de carga manuseado actualmente sobre a Samora Machel, aliás basta referir que passam diariamente sobre a infra-estrutura 800 camiões de carga diversa

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom