Faixa publicitária
Moçambique: novo modelo de contratação de professores
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Danúbio Mondlane  em 31 Janeiro 2011

O Ministério moçambicano da Educação (MINED) introduziu um novo modelo de contratação de professores formados nos diferentes institutos do país que consiste no enquadramento dos graduados a partir dos que tenham a média mais alta.

De acordo com o Ministro da Educação, Zeferino Martins, a contratação dos professores será por ordem decrescente do rendimento pedagógico obtido durante a formação.

“Primeiro são enquadrados os graduados com a média mais alta e assim sucessivamente, seguindo a ordem decrescente”, explicou o Ministro.

Este novo modelo foi introduzido tendo em vista melhorar os padrões de qualidade de ensino e elevar a formações dos professores.

A par disso, o MINED introduziu, igualmente, alterações nos requisitos para admissão de candidatos a professores nos Institutos de Formação (IFP).

Assim, os candidatos que concluem a 10ª classe e que pretendam ingressar nos IFP devem ter no mínimo a média final de 12 valores.

Estes e outros esforços enquadram-se na melhoriada qualidade de ensino que continua a constituir um dos pontos fulcrais do trabalho que o sector da educação tem vindo a realizar.

“Ser Professor não se compadece com o vir para a educação com o propósito de acumular riquezas ou fazer um trampolim para outras profissões do seu agrado, descurando o essencial desta nobre missão. A profissão de Professor exige seriedade, profissionalismo, responsabilidade e abnegação. A grande compensação da função docente, está no resultado que se obtém quando o aluno aprende mais como corolário do esforço realizado”, frisou o ministro.

Zeferino Martins vincou que “queremos professores dedicados integralmente ao processo de ensino e aprendizagem, professores preocupados com a aprendizagem dos alunos, que dão trabalhos para casa e estabelecem prazos para a realização dos mesmos, corrigem e dão a conhecer os resultados. Queremos professores que usam efectivamente o livro escolar e tempo alocado para as actividades lectivas”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom