Faixa publicitária
Carteira profissional para jornalistas em Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Redação  em 30 Agosto 2010
Share/Save/Bookmark

Os jornalistas activos em Moçambique passarão a possuir uma carteira profissional que os identifique quando estiverem em exercício de funções, por forma a valorizar os actores da classe e a mitigar situações que amiúde mancham todos os escribas.

O draft do regulamento deste documento foi debatido e aprovado por representantes dos jornalistas e patronato do sector, sábado e domingo passados, na vila fronteiriça da Namaacha, devendo a sua entrada em vigor acontecer após aprovação pelo Parlamento de Moçambique, não antes de 2011.

Antes de a proposta avançar para a Assembleia da República, ela deverá ser debatida pelos jornalistas nas Redacções e marcar passos em diversas esferas ligadas à área laboral.

Os resultados dos debates nas Redacções e outras forças vivas interessadas serão em seguida hamornizados e aprovados em definitivo em reunião magna do SNJ, para depois seguir os competentes passos até à sua aprovação como lei no Parlamento.

Participaram na reunião da Namaacha representantes do Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ), Associação das Empresas Jornalísticas (AEJ), MISA e Fórum dos Editores de Moçambique.

O draft do regulamento da carteira profissional de jornalista – inédita em Moçambique, mas corrente em muitas partes do mundo – refere que o documento poderá ser atribuído não apenas a profissionais no activo, como também àqueles que a exerceram por 15 anos ininterruptos ou 20 de forma intercalados, incluindo a título honorário e/ou póstumo.

Na reunião da Namaacha foram igualmente apreciados e aprovados o anteprojecto de Estatuto do Jornalista e a proposta de Código de Ética e Deontologia Profissional dos profissionais de comunicação social em Moçambique.

A questão da carteira profissional de jornalista foi uma das principais “bandeiras” da lista do actual secretário-geral do SNJ, Eduardo Constantino, durante a sua campanha eleitoral para a liderança do sindicato, cujo mandato termina oficialmente no próximo dia sete de Novembro próximo.

Comentários   

 
0 #1 Moisés Figueiredo 24-04-2011 05:55
A Associação dos Jornalistas do Estado de São Paulo - AJESP pode ajudar quem tenha dificuldade, inclusive emitir a carteira de jornalista para formados e não formados.

Consultem: www.jornalistasp.com.br
Citar
 
 
0 #2 Paulo Cauã 09-04-2017 06:55
Olá, Descobri seᥙ web site através de Google ao mesmⲟ
tempo qᥙᥱ procurava um assunto parecido ,
ѕeu web site parece grande. ᒍá registrei еm meus favoritos

Мeᥙ página de teia ... projeto de pesquisa: http://www.armazemdoebook.com.br
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom