Cinco mortos em dois despistes de viaturas no Norte de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação  em 14 Julho 2019 (Actualizado em 17 Julho 2019)
Share/Save/Bookmark

Pelo menos cinco pessoas morreram durante o fim-de-semana em dois acidentes de viação do tipo despiste ocorridos nas províncias do Niassa e de Cabo Delgado. Na capital de Moçambique um outro despiste foi registado, no entanto sem causar óbitos.

Um camião transportando pessoas e carga a partir do Distrito de Majune, tendo como destino a Cidade de Lichinga, despistou-se no passado sábado (13) na Estrada Nacional nº 14 causando a morte de três pessoas e deixando outras quatro feridas.

A velocidade excessiva é a causa aparente do acidente que aconteceu quando a viatura fazia a travessia da ponte sobre o rio Ikuvi, a cerca de 80 quilómetros da Cidade Lichinga, na Província do Niassa.

Outro despiste aconteceu neste domingo (14) na Estrada Nacional nº 1, envolveu uma viatura cabine dupla que partiu de Nangade com cinco ocupantes e tinha como destino a Cidade de Pemba, que após capotar sozinha, em aparente alta velocidade, causou a morte de duas cidadãs.

O acidente que aconteceu no Porto Administrativo de Mieze, a cerca de 15 quilómetros da Cidade de Pemba, na Província de Cabo Delgado, deixou ainda três feridos dos quais um está em estado crítico.

Na Cidade de Maputo, na madrugada de domingo, uma viatura de luxo e de alta cilindrada despistou-se na Praça do Destacamento Feminino tendo destruído um poste de iluminação pública e pegado fogo em seguida.

Testemunhas contaram que o único ocupante, o motorista, saiu ileso da viatura com a ajuda de agentes da Polícia da República de Moçambique que na altura fiscalizavam o trânsito nas imediações do local.

Durante o 1º semestre de 2019 os acidentes de viação tornaram-se na principal causa de morte em Moçambique, 769 óbitos foram registados pelas autoridades policiais.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom