Sinistralidade rodoviária causa 50 mortos na semana anterior ao natal em Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Rui Lamarques  em 24 Dezembro 2013
Share/Save/Bookmark

O porta-voz da Polícia da República de Moçambique, João Machava, revelou ao @Verdade que 54 pessoas morreram e 122 deram entrada nas unidades hospitalares em consequência de 56 acidentes de viação ocorridos em todo o país nas vésperas da quadra festiva.

Entre 17 e 23 de Dezembro, a PRM registou 56 acidentes, dos quais resultaram 54 mortos e 56 feridos graves e 66 ligeiros, enquanto que entre 17 e 23 Dezembro de 2012 ocorreram igualmente 56 acidentes, que provocaram a morte de 49 pessoas.

João Machava explicou que as causas da sinistralidade tiveram como origem o corte de prioridade, a má travessia de peões, as manobras irregulares, o excesso de velocidade e condução em estado ébrio. Especificamente, 20 atropelamentos, 11 choques entre carros, 11 despistes e capotamento, seis choques entre carro e moto e seis quedas de passageiros contribuíram para estas perdas.

No âmbito do combate aos acidentes de viação, a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 29.339 veículos, impôs 5091 multas por diversas violações às regras de trânsito, 135 carros foram apreendidos por várias irregularidades, 64 cartas de condução foram confiscadas pelo facto dos titulares conduzirem em estado de embriaguês, 28 livretes também foram apreendidos por distintas infracções ao código de estrada.

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom