Faixa publicitária
Ataques contra postos de controle afegãos matam 22 soldados e 41 talibãs
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Internacional
Escrito por Agências  em 13 Março 2018
Share/Save/Bookmark

Pelo menos 22 soldados afegãos e 41 talibãs morreram nesta segunda-feira em vários ataques contra postos de controle das forças de segurança estacionadas ao longo de uma rodovia na província de Nimroz, no sul do Afeganistão.

Dezenas de talibãs atacaram os postos de controle no final da noite de ontem, desencadeando enfrentamentos que se prolongaram até esta manhã, indicou o porta-voz do Ministério de Defesa, Dawlat Waziri, em comunicado.

A fonte precisou que as forças de segurança sofreram 22 baixas na ação e que cinco militares ficaram feridos, enquanto no lado insurgente 41 morreram e outros 20 ficaram feridos de diversas considerações.

As tropas afegãs já enviaram reforços à zona e impediram os talibãs de tomar o controle do território atacado, segundo Waziri. Paralelamente, os talibãs tomaram ontem à noite o controle de um distrito na província de Farah, no oeste do Afeganistão, o primeiro que cai em mãos insurgentes em 2018, após combates nos quais morreram pelo menos dez membros das forças de segurança afegãs.

Este ataque ocorre depois que no começo do mês o presidente afegão, Ashraf Gani, estendeu as mãos aos talibãs oferecendo diálogo "sem pré-condições", seu reconhecimento político e uma rota para um processo de paz que coloque fim a mais de 16 anos de conflito.

O Afeganistão atravessa uma dos seus períodos mais sangrentos após o final da missão da NATO em 2015, que continua no país em tarefas de treinamento e capacitação das forças afegãs.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom