STAE em Inhambane está exige cartão de estudante para o recenseamento eleitoral
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Eleições - Eleições Autarquicas 2012
Share/Save/Bookmark

O Secretariado Técnico da Administração eleitoral no Munícipio de Inhambane, onde decorre desde o passado sábado a actualização do Recenseamento Eleitoral com vista às eleições intercalares de 18 de Abril para escolha do novo edil da cidade, está a exigir aos jovens que pretendem recensear-se um cartão de estudante ou duas testemunhas, mesmo quando os cidadãos possuem o Bilhete de Identidade ou outros documentos de identificação válidos em Moçambique e admissíveis para o processo de recenseamento eleitoral.

 

 

Segundo a Rádio Moçambique, muitos potenciais eleitores estão impedidos de fazerem o seu registo com esta medida ilegal do STAE em Inhambane.

Em declarações à Rádio Moçambique, o Director do STAE em Inhambane, Júlio Rafael, confirmou a medida ilegal e afirmou que a mesma visa apurar a proveniência dos jovens que pretendem fazer o seu registo para as próximas eleições intercalares.

Comentários   

 
0 #1 Guest 22-02-2012 20:57
Os requisitos para recenseamento ja estao definidos. axim, implica k seja actualizadao a lei de eleicoes
Citar
 
 
0 #2 Dny 13-03-2012 15:02
O objectivo é de impidir os jovens a votarem, nao querem cairem mais uma vez na real, como foi em Quelimane, pois se so votam os velhos, votaram neles pois facilmente sao ludribriados pelas capulanas, lensos ect,... Mas ver se a.............. ...
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar