Banco de Moçambique mantém políticas monetária e fiscal que os empresários consideram pouco vantajosa para aumentar a produção PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 18 Janeiro 2016 08:00

O Banco de Moçambique(BM), que considera ser "desafiante" a meta de um crescimento económico de 7% e de uma inflação anual de 5,6% previstos para 2016, decidiu “manter inalteradas as taxas de juro das Facilidades Permanentes de Cedência e de Depósito, fixadas em 9,75% e 3,75%, respectivamente, assim como o coeficiente de Reservas Obrigatórias, fixado em 10,5%”. Esta política monetária e fiscal é olhada com cepticismo pelos empresários que não vêm “nem o Governo nem o Banco de Moçambique, a falarem sobre o que é que vão fazer na agricultura que é a base de desenvolvimento deste país”.

Actualizado em Sábado, 06 Fevereiro 2016 07:08
Continuar...
 
Petróleo cai para menos de 38 dólares pela primeira vez desde 2008 mas o Governo não deixa reflectir-se em Moçambique PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 09 Dezembro 2015 08:37

O preço do barril de petróleo referencial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) caiu na quinta-feira passada para 37,89 dólares norte-americanos, 1,48% menos que na véspera, batendo a marca dos 38 dólares norte-americanos pela primeira vez desde 31 de Dezembro de 2008. Desde Julho de 2011, quando o barril custava 120 dólares norte-americanos, que o preço dos combustíveis fósseis em Moçambique não é alterado. Em Abril, quando o barril estava cotado em cerca de 50 dólares norte-americanos, o ministro dos Recursos Minerais e Energia, Pedro Couto, disse existirem factores internos e externos que fazem com que se mantenham os preços para os consumidores moçambicanos.

Actualizado em Sexta, 18 Dezembro 2015 08:04
Continuar...
 
Há especulação de preços e venda de produtos fora do prazo em Nampula, a Shoprite volta a ser mau exemplo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Júlio Paulino   
Segunda, 21 Dezembro 2015 07:52

A venda de produtos de primeira necessidade do prazo e a especulação de preços estão a deixar os citadinos de Nampula agastados, um problema que é agravado pela falta de água e pelas restrições no fornecimento de energia eléctrica. As pessoas afectadas pela situação já auguram situações piores nesta quadra festiva, perante a incapacidade da Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE) e Electricidade de Moçambique (EDM) e do FIPAG.

Actualizado em Domingo, 27 Dezembro 2015 10:31
Continuar...
 
Ignorando o Banco Central o BCI lança mais um cartão para pagamentos fora de Moçambique PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 03 Dezembro 2015 08:41

Foto divulgação BCIUm dia depois Banco de Moçambique ter decidido impor limites no uso de cartões de crédito e de débito fora de Moçambique o Banco Comercial e de Investimentos (BCI) lançou mais um cartão que permite aos seus utilizadores efectuarem compras fora do país mesmo sem serem cliente do banco.

Actualizado em Sexta, 18 Dezembro 2015 08:05
Continuar...
 
Mozal continua a ser a maior empresa em Moçambique, quase não pagando impostos e empregando poucos moçambicanos PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 14 Dezembro 2015 08:19

A multinacional Mozal continua a ser a maior empresa em Moçambique, segundo o “ranking” de 2014 da KPMG, mas é das empresas que menos impostos paga no nosso país e gerou pouco mais de mil postos de trabalho fixos desde o início da sua operação de produção e exportação de alumínio.

Actualizado em Sábado, 19 Dezembro 2015 06:35
Continuar...
 
<< Início < Anterior 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 Seguinte > Final >>

Pág. 237 de 290
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.