Críticas à falta de investimento e incentivos na agricultura familiar continuam na ordem do dia PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Coutinho Macanandze   
Quinta, 30 Outubro 2014 16:35

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) declarou 2014 como Ano Internacional da Agricultura Familiar (AIAF), com o objectivo de estimular e apoiar a criação de políticas agrícolas, ambientais e sociais que promovam a agricultura familiar sustentável, o aumento do conhecimento nesta área. Todavia, as acções levadas a cabo pelo Governo moçambicano para o alcance deste desiderato continuam insignificantes. Pouco ou quase nada é feito para garantir comida que baste à população, segundo um relatório do Observatório do Meio Rural (OMR).

Actualizado em Quinta, 30 Outubro 2014 17:19
Continuar...
 
Governo vai subsidiar reversão de gás natural canalizado em Maputo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 30 Outubro 2014 13:10

O Governo moçambicano, através da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), está a estudar formas de subsidiar o processo de reversão de fontes de energia hídrica distribuída pela empresa Electricidade de Moçambique (EDM) para o gás natural canalizado em residências da província de Maputo.

Actualizado em Quinta, 30 Outubro 2014 15:01
Continuar...
 
Moçambique entre os países da SADC com mais baixo PIB per capita PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 30 Outubro 2014 13:08

Moçambique encontra-se no 11º lugar no ranking do Produto Interno Bruto (PIB) per capita a nível dos 13 países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) analisados em 2013.

Actualizado em Quinta, 30 Outubro 2014 15:05
Continuar...
 
Dois grandes projectos de exploração de carvão “encalhados” em Tete PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 30 Outubro 2014 13:05

Avaliados em cerca de USD 472 milhões, os projectos de exploração de carvão nos distritos de Mutarara e Moatize, na província central de Tete, encontram-se “encalhados”, por causa de questões técnicas, burocráticas e falta de logística para acomodar aqueles dois empreendimentos económicos.

Actualizado em Quinta, 30 Outubro 2014 15:04
Continuar...
 
Sete cidadãos estrangeiros impedidos de trabalhar na Zambézia por serem ilegais PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Redação   
Quinta, 30 Outubro 2014 07:11

Sete cidadãos de nacionalidades estrangeiras, contratados por diversas empresas da província da Zambézia, viram-se impedidos, durante a semana passada, de continuarem a trabalhar em Moçambique, após terem sido detectados como ilegais no país.

Actualizado em Quinta, 30 Outubro 2014 09:20
Continuar...
 
<< Início < Anterior 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 Seguinte > Final >>

Pág. 221 de 246
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
@Verdade
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.