Contas da EMOSE afectadas pela crise das dívidas ilegais PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 06 Agosto 2019 07:49

A crise das dívidas ilegais também afectou a Empresa Moçambicana de Seguros (EMOSE) que no exercício de 2017 registou prejuízos superiores a 823 milhões de Meticais e no ano passado nem sequer conseguiu gerar dividendos para o Estado. Ao @Verdade o Presidente do Conselho de Administração (PCA), Joaquim Langa, justificou maus os resultados com “a variação cambial afectou sobremaneira o nosso património de imóveis que estão em dólar”.

Actualizado em Segunda, 12 Agosto 2019 07:16
Continuar...
 
MITESSE reduziu fraudes e aumentou para 520 milhões de Meticais receitas com contratação de estrangeiros PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 04 Julho 2019 22:40

A ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social revelou nesta quarta-feira (03) que graças às reformas implementadas reduziram as fraudes na contratação de mão-de-obra estrangeira e o Estado quadruplicou as receitas para 520 milhões de Meticais em 2018. Entretanto no 1º trimestre de 2019 reduziu a contratação de expatriados em Moçambique.

Actualizado em Quarta, 10 Julho 2019 23:00
Continuar...
 
Desigualdade salarial melhorou muito pouco em Moçambique, indica OIT PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 04 Julho 2019 22:44

Uma nova base de dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), sobre a distribuição de rendimentos no mercado de trabalho em 189 países, afirma que apenas 10 por cento dos trabalhadores em todo o mundo, ganham metade do salário global. Em Moçambique essa desigualdade melhorou menos de 1 por cento, desde 2014.

Actualizado em Quarta, 10 Julho 2019 07:22
Continuar...
 
Empresas Públicas em Moçambique custam 430 milhões de Dólares ao Orçamento do Estado PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 25 Julho 2019 22:03

Foto de Adérito CaldeiraO ministro da Indústria e Comércio, Ragendra de Sousa, revelou que as Empresas Públicas pesam todos os anos no Orçamento de Estado “430 milhões de Dólares ano, em subsídios, garantias, etc”. É tanto quanto foi alocado para todo o sector de Saúde em 2019.

Actualizado em Segunda, 29 Julho 2019 07:42
Continuar...
 
China continua a ser o maior credor Bilateral de Moçambique pelo sexto ano consecutivo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 25 Junho 2019 20:15

Foto da Presidência da RepúblicaA República Popular da China continua a ser o país a quem Moçambique deve mais dinheiro, pelo sexto ano consecutivo, seguido de longe pelos créditos concedidos por Portugal, Japão e Líbia.

Actualizado em Segunda, 01 Julho 2019 07:27
Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 290
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.