Faixa publicitária
Secretária de Estado na província de Maputo demanda crachá durante expediente
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  em 17 Fevereiro 2020
Share/Save/Bookmark

A secretária de Estado na província de Maputo, Vitória Dias Diogo, apelou recentemente aos colaboradores da Direcção Provincial de Recursos Humanos e Energia, incluindo aos da empresa Electricidade de Moçambique (EDM), no sentido de ostentarem o cartão de identificação (crachá), durante as horas de expediente.

Numa visita efectuada àquelas instituições, Vitória Diogo exortou para a observância rigorosa de aspectos inerentes à satisfação das necessidades dos clientes no fornecimento de serviços, sem prejuízo de custos adicionais.

No périplo, enquadrado na sua agenda de trabalho semanal, a secretária de Estado na província de Maputo escalou o Centro de Recrutamento Militar e Mobilização, onde dialogou com alguns jovens, apelando para que se distanciem de actos de desinformação sobre o recrutamento militar compulsivo. Esteve, igualmente, nas instituições do sector de justiça da província de Maputo, onde se reuniu com representantes de todas as áreas que o compõem.

No IPAJ-Instituto para a Promoção de Patrocínio e Assistência Jurídica, Vitória Diogo desafiou a instituição a intensificar a realização de feiras sobre assistência jurídica nas comunidades.

Ainda ao longo da semana finda, Vitória Diogo juntou-se à comitiva que trabalhou com o príncipe herdeiro da Noruega, Haakon Magno, em Matlemele, cidade da Matola, durante o qual foi anunciada a realização, até finais do corrente ano, no quadro do programa designado Energia para Todos (ProEnergia), de cerca de 38 mil novas ligações de corrente eléctrica.

As acções da secretária de Estado na província de Maputo incidiram ainda sobre os Centros de Trânsito, abertos nos bairros 700 e Kobe, no âmbito das inundações, onde exortou as populações a aderirem aos centros de acomodação. Nestes locais, dentre vários apelos, Vitória Diogo referiu-se, também, sobre a necessidade de pulverizar os centros, incluindo a distribuição de redes mosquiteiras.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom