Faixa publicitária
Mulheres dominam última edição do ano do #Ideate Bootcamp
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  em 12 Dezembro 2019
Share/Save/Bookmark

O #Ideate Bootcamp, um programa de imersão empresarial implementado pelo Standard Bank, através da sua Incubadora de Negócios, com o suporte técnico da ideiaLab, tem despertado cada vez mais o interesse das mulheres, ávidas em conquistar o seu espaço no mercado e contribuir na resolução dos problemas das comunidades, de forma simples e criativa, através do empreendedorismo.

Na sua sétima edição, que decorreu recentemente, o programa contou com a participação de 44 jovens, dos quais 75% eram do sexo feminino, a quem foram transmitidas ferramentas e conhecimentos essenciais para a estruturação de uma ideia de negócio, bem como formas de abordar o mercado no qual se pretende implementar a ideia, de modo a elevá-la aos níveis de implementação e crescimento.

Os participantes foram, igualmente, submetidos ao processo de Lean Startup e Design Thinking, para entender os desafios da comunidade e validar os seus pressupostos; design e construção de um Produto Mínimo Viável (MVP) e construção do Value Proposition Canvas e do Business Model Canvas, das várias ideias de negócio.

Edna dos Reis é estudante do curso de Direito e tem o sonho de abrir uma empresa. Decidiu participar na sétima edição do #Ideate Bootcamp, porque pretendia colher ferramentas que lhe permitam concretizar o seu objectivo. Na formação, aprendeu como conduzir o processo de implantação de um negócio e, acima de tudo, a identificar o seu público-alvo: “Aprendemos a ter empatia, que significa saber o que o nosso público-alvo precisa e o que nós podemos oferecer. A intenção é satisfazer as necessidades do nosso público e, com isso, ganhar dinheiro. Não podemos só ganhar dinheiro, sem satisfazer o público-alvo”, sublinhou a participante.

Quem também participou neste programa de imersão empresarial é Dércia da Cruz, estudante do curso de Gestão Empresarial que, à semelhança de Edna dos Reis, tem o sonho criar a sua própria empresa. Na sua opinião, as ferramentas que lhe foram transmitidas durante os três dias podem ser determinantes na jornada de um empreendedor, sendo, por isso, crucial levá-las em consideração sempre que se pretende tomar uma decisão: “Esta formação não é só importante para jovens sonhadores ou estudantes como eu, mas também para os empreendedores já estabelecidos no mercado. Esta iniciativa mudou a minha forma de pensar e de ver o mercado, para além de me ter permitido obter ferramentas relevantes que tenho que levar em conta como empreendedora”, contou Dércia da Cruz, para quem o #Ideate Bootcamp constitui um espaço de empoderamento da mulher na sociedade.

Para o representante da ideiaLab, Manuel Rego, esta iniciativa constitui uma ferramenta de estímulo ao empreendedorismo, motivando os jovens a pensarem em soluções inovadores para os seus desafios actuais.

“Este é um programa intensivo, durante o qual os jovens aprendem a dar os passos necessários com vista à concretização da sua ideia ou ao fortalecimento do seu modelo de negócio. Estes são aspectos que grande parte dos empreendedores não domina, mas que diminuem as taxas de insucesso dos negócios”, referiu Manuel Rego, que fez um balanço positivo desta edição.

Importa realçar que a sétima edição do #Ideate Bootcamp teve como convidado Gerson Zandamela, um jovem que participou na segunda edição do programa, e que hoje tem uma empresa de gestão de projectos com recurso às tecnologias de informação e comunicação. Para Gerson Zandamela, “foi uma experiência muito interessante fazer parte deste programa, onde pude aprender formas consistentes de abordar o mercado e desenhar soluções que vão ao encontro das necessidades do público”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom