Faixa publicitária
Em apoio às vitimas do ciclone Idai: Universidade Politécnica organiza jogo beneficente de basquetebol
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  em 02 Abril 2019
Share/Save/Bookmark

Foto de Fim de SemanaA Universidade Politécnica, através da Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE), em parceria com o Clube de Desportos d’A Politécnica e a Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo, organizou, no sábado, 30 de Março, jogos beneficentes de basquetebol, em apoio às vítimas do ciclone Idai, que arrasou recentemente a zona centro do País, tendo deixado um rastro de dor e destruição, principalmente na cidade da Beira e no distrito de Búzi, em Sofala.

A iniciativa, que contou também com o apoio da Fundação Tzu Chi, envolveu seis equipas de basquetebol, sendo quatro juvenis (duas masculinas e duas femininas) e duas séniores (mistas), compostas por jogadores do Clube de Desportos d’A Politécnica, Clube de Desportos Estrela Vermelha, Clube de Basquetebol Bela Rosa, bem como por antigos atletas da modalidade.

Segundo a pró-reitora para a Área de Pós-Graduação, Investigação Científica, Extensão Universitária e Cooperação da Universidade Politécnica e directora executiva da FUNDE, Rosânia da Silva, através deste gesto, a universidade pretende contribuir para a minimização do sofrimento das famílias afectadas pela catástrofe.

“Entendemos que, face a esta tragédia, devíamos, também, mobilizarmo-nos para dar o nosso apoio, por isso tivemos a ideia de promover esta iniciativa, que, para além da comunidade académica, contou com a participação dos moradores das áreas circunvizinhas”, explicou Rosânia da Silva.

Durante os jogos, foram angariados diversos produtos alimentares não perecíveis, peças de vestuário, calçado, material escolar, entre outros artigos, que, de acordo com a pró-reitora da Universidade Politécnica, serão posteriormente canalizados ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), que os fará chegar às vítimas.

Entretanto, acrescentou Rosânia da Silva, “para as pessoas que não puderam participar no sábado, mas que pretendam apoiar a iniciativa, poderão canalizar os seus donativos à Universidade Politécnica durante a semana”. Importa realçar que os jogos, que tiveram lugar no Pavilhão da Universidade Politécnica, foram intercalados por diversas actividades de cariz cultural, concursos, entre outras.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom