Faixa publicitária
Mr. Bow brinda crianças de infantário com viveres e diz que a música deve estar ao serviço das pessoas
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por Redação  em 03 Agosto 2017
Share/Save/Bookmark

O músico moçambicano abandonou o estúdio e os microfones e proporcionou um dia diferente às crianças e adultos do Infantário da Matola, município com o mesmo nome, na província de Maputo, oferecendo-lhes diversos produtos alimentares.

O Infantário da Matola tem capacidade para albergar 48 pessoas, mas devido ao aumento de crianças abandonadas pelos seus parentes e perdidas nas vias públicas, alberga cerca de 100 crianças especiais. O gesto do artista foi estimulado pelo facto de os beneficiários viverem numa instituição que acolhe gente que, por diversas razões, não pode desfrutar do calor dos familiares.

“Sempre foi um sonho ajudar a quem mais precisa”, disse Mr. Bow, ajuntando que a música deve estar sempre ao serviço das pessoas. O artista tomou tal iniciativa em parceria com uma operadora de telefonia móvel.

A ocasião serviu também para Mr. Bow alegrar os “locatários” do Infantário da Matola contando algumas das suas músicas, algumas das quais lhe renderam prémios dentro do país. Segundo ele, é necessário saber acarinhar “as pessoas que precisam de um ombro amigo”, no qual podem depositar confiança e um olhar de esperança.

“Devemos ensinar à sociedade a amar, de modo que seja íntegra e feliz. É na tenra idade que o investimento incondicional deve acontecer”, afirmou o músico, que já fez várias ofertas a pessoas carenciadas. Porém, foi a primeira vez que ele tomou tal iniciativa em parceria com a Movitel.

No entender de Mr. Bow, não é uma arte alheia aos problemas da sociedade, mas sim, um reflexo do que os moçambicanos podem fazer para os seus compatriotas. “Só assim poderemos triunfar como povo e como cidadãos sensatos”, concluiu.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 23
FracoBom