Faixa publicitária
Directores e membros de Conselhos de Administração já têm ferramenta para se auto-avaliarem
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  em 06 Abril 2017
Share/Save/Bookmark

Fim de SemanaO Instituto de Directores de Moçambique (IoDmz) procedeu, na quarta-feira, 5 de Abril, ao lançamento do Sistema de Avaliação de Governação Institucional, um "software" de promoção de boas práticas de governação corporativa e de auto-avaliação do desempenho dos Conselhos de Administração e de Gestão Executiva.

Com este sistema, o Instituto de Directores de Moçambique pretende colocar à disposição da comunidade empresarial, com destaque para os sectores privado, bancário, de seguros e organizações não-governamentais, uma ferramenta de auto-avaliação periódica do seu nível de liderança institucional.

De acordo com David Seie, director executivo do IoDmz, o mérito deste instrumento reside no facto de permitir a avaliação do nível de implementação do sistema de liderança ou de governação corporativa existente em qualquer organização /empresa.

“Cada instituição tem o seu sistema de liderança e este instrumento avalia o nível da sua implementação”, disse o director executivo do IoDmz, que considerou que o Sistema de Avaliação da Governação Corporativa constitui uma grande contribuição para a melhoria da gestão nas empresas moçambicanas.

“Depois de fazer a avaliação, o instrumento gera relatórios que informam ao Conselho de Administração sobre a robustez, as lacunas ou ineficiências do sistema de governação, mostrando onde ele (o sistema) é forte e onde é deficiente. Isso permite à direcção tomar decisões em tempo útil para fortalecer a sua governação corporativa”, explicou David Seie.

O sistema faz a avaliação com base em 10 elementos que o compõem, tidos como “Os Dez Mandamentos para uma Boa Governação Corporativa”, nomeadamente Sócios, Conselho de Administração, Conselho Fiscal, Comité de Auditoria, Gestão de Risco, Auditoria Interna, Auditoria Externa, Comunicação, Sustentabilidade e Conformidade com a Lei.

Para usar este sistema, as empresas devem adquiri-lo ou solicitar uma avaliação independente, que é feita pelo Instituto de Directores de Moçambique, o que confere maior credibilidade aos relatórios (certificação do nível da governação empresarial) junto aos investidores, financiadores e outras partes interessadas.

O Sistema de Avaliação da Governação Institucional foi desenvolvido pelo Instituto de Directores de Moçambique, em parceria com o Instituto de Directores da África do Sul e a Global Platform, também daquele país.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom