Dívida do Zimbabwe aumentou mais de 50%, mas EDM mantém fornecimento de energia
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 26 Julho 2017 07:43

ArquivoAs dívidas de longos anos que a empresa produtora e distribuidora da energia eléctrica do Zimbabwe(ZESA, no acrónimo em inglês de Zimbabwe Electricity Supply Authority) tem com a Electricidade de Moçambique(EDM) continua a aumentar, o @Verdade apurou que entre 2015 e 2016 cresceu mais de 50%, ainda assim a EDM não equaciona o corte de energia ao país vizinho.

Actualizado em Quarta, 26 Julho 2017 08:07
Continuar...
 
Tanzaniano mandante da caça furtiva do elefante detido em Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 25 Julho 2017 08:28

Autoridades do combate à caça furtiva em Moçambique e na Tanzania capturaram um importante líder do abate de elefantes na Reserva Nacional do Niassa. Trata-se de Mateso Albano Kasian, um cidadão tanzaniano possuidor de bilhete de identidade moçambicano, que se suspeita ser cúmplice do grupo de cidadãos chineses, oriundos da cidade de Shuidong, que dominam o tráfico de marfim do nosso continente para a Ásia, usando a porosidade do porto de Pemba.

Actualizado em Terça, 25 Julho 2017 11:24
Continuar...
 
Electricidade de Moçambique corta energia a Zâmbia devido a dívida de mais de 6 biliões de meticais
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 21 Julho 2017 08:19

Foto de Adérito CaldeiraO negócio de venda de energia a Zâmbia está a dar prejuízos à Electricidade de Moçambique(EDM), só durante o ano passado a Zâmbia Electricity Supply Corporation (ZESCO) ficou a dever mais de 6,1 biliões de meticais que levaram ao corte do fornecimento ao país vizinho.

Continuar...
 
Todos os dias ocorrem sismos em Moçambique, de pequena magnitude
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 20 Julho 2017 08:45

Mapa cedido pelo Instituto Nacional de MinasPara os moçambicanos que residem longe da Região Centro do nosso país o movimento natural das placas tectónicas do nosso planeta, vulgarmente denominado sismo ou terramoto, são acontecimentos raros. A maioria dos cidadãos terá memória o forte sismo de 2006, com magnitude de 7,2 e que causou cinco mortos, e o tremor de 2016, com 5,6 graus na escala de Ritcher. “Nós sentimos aqueles que tem uma magnitude acima de 5, mas todos os dias ocorrem sismos”, de pequena magnitude em Moçambique, revelou ao @Verdade o geólogo Vladimir João Manhiça.

Continuar...
 
LAM perdem 25 milhões de dólares com cancelamento da compra de novos Boeing
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 19 Julho 2017 08:05

BoeingO sonho das Linhas Aéreas de Moçambique(LAM) adquirirem três novos aviões Boeing 737 ruiu por falta de dinheiro no ano passado, entretanto o @Verdade apurou que o pagamento inicial de cerca de 25 milhões de dólares norte-americanos, um financiamento que a empresa contraiu no Moza Banco com carta de conforto do Governo, não é recuperável por quebra de contrato.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 10 de 64
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.