Ministério da Educação deve mais 199 milhões meticais em horas extras e outros 188 milhões em salários aos professores
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 21 Maio 2018 08:04

ArquivoO Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) tem dívidas acumuladas com os professores moçambicanos que ascendem aos 388 milhões de meticais, mais de 199 milhões de meticais referem-se a horas extraordinárias por pagar, algumas desde 2013, e 188 milhões referem-se a salários que não tem pago há cinco anos. A julgar pelas palavras de Conceita Sortane na Assembleia da República (AR) a dívida que a Educação tem com os docentes poderá ser muito maior.

Actualizado em Segunda, 21 Maio 2018 08:31
Continuar...
 
Credores da Proindicus, EMATUM e MAM têm até Agosto para chegar a acordo com Governo de Nyusi e receberem algo em 2019
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 18 Maio 2018 08:12

Foto de António MuiangaOs credores da Proindicus, EMATUM e MAM têm cerca de três meses para chegarem a acordo com o Governo de Filipe Jacinto Nyusi no que diz respeito a reestruturação das dívidas com Garantias do Estado ilegais que possuem se pretenderem recomeçar a receber o seu investimento no próximo ano. “(...) Para entrar no Orçamento de 2019 o período de preparação (...) vai até Agosto” disse ao @Verdade o ministro Adriano Maleiane.

Actualizado em Sexta, 18 Maio 2018 15:24
Continuar...
 
Ministro do Interior diz que não existem ataques à liberdade da imprensa em Moçambique, violência contra jornalistas e políticos não passa de “vitimização”
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 17 Maio 2018 08:01

Foto de António MuiangaO ministro do Interior, Jaime Basílio Monteiro, disse que não existem ataques à liberdade da imprensa em Moçambique. Respondendo a bancada parlamentar do MDM sobre os raptos e violência contra jornalistas, empresários e políticos da oposição o governante declarou que: “Quanto a ideia da limitação da liberdade da imprensa valerá a pena desconstruirmos a percepção, repito a percepção de que a vitimização criminal de um indivíduo pertencente a uma determinada categoria profissional ou social representa uma acção concertada para atacar a categoria profissional ou social a que pertence”.

Continuar...
 
Violação de direitos laborais dominam petições ao Parlamento que incluem queixa “da subida vertiginosa da taxa de juros”
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 16 Maio 2018 07:50

Cidadãos que reclamam da violação dos seus direitos laborais voltaram a dominar as petições submetidas à Assembleia da República (AR) revelou nesta terça-feira (15) o deputado Francisco Campira. No entanto a 8ª Comissão do Parlamento moçambicano recebeu também petições inusitadas como de cidadãos que “queixam-se da subida vertiginosa da taxa de juros”, do cidadão Viriato Machungo que se queixa “do seu afastamento do altar da Igreja Universal do Reino de Deus” ou do cidadão Alex Mahuaie que quer apoiar o desenvolvimento interagindo “com espíritos dos dirigentes antigos que seguram o país”.

Actualizado em Quarta, 16 Maio 2018 11:36
Continuar...
 
Moçambique aderiu a zona de comércio livre africana, europeia, norte-americana mas “só somos mercado das outras economias que estão a integrar-se”
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 15 Maio 2018 07:48

Foto de Adérito CaldeiraO Presidente Filipe Nyusi assinou a adesão de Moçambique à zona de comércio livre continental numa altura em que as empresas nacionais quase não exportam para África, ou outro lado qualquer do globo embora o nosso país seja signatário de vários acordos que possibilitariam a exportação com isenções aduaneiras. A economista Epifânia Langa explicou ao @Verdade que com a desindustrialização a acontecer, sem financiamentos a médio e longo prazo, sem serviços industriais de certificação e com mão-de-obra pouco qualificada: “só somos mercado das outras economias que estão a integrar-se”. Porém o ministro Ragendra de Sousa, que reconheceu a falta de competitividade, esclareceu ao @Verdade que as economias africanas “estão na fase da agregação para irem ao mercado com quantidade para influenciar o preço”.

Actualizado em Terça, 15 Maio 2018 14:41
Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 5 de 78
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.