Moçambique esteve pelo menos 3 dias sem ligação aérea para dois dos mais vibrantes destinos turísticos
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 19 Outubro 2017 07:37

Foto de Adérito CaldeiraNo passado dia 12, enquanto o Presidente da República inaugurava a V Feira Internacional do Turismo e afirmava que “Temos um País maravilhoso pela sua beleza natural, o que nos permite receber visitantes de todo o mundo”, as Linhas Aéreas de Moçambique(LAM) anunciavam que, “devido a limitação da sua frota, ora em processo de substituição, foi forçada a cancelar os voos para Inhambane e Vilankulo”, quiçá os mais vibrantes destinos turísticos do nosso País. É com incompetências destas e estatísticas alucinadas, de viajantes que nunca cá estiveram ou empregos que não existem, que se vai fazendo do Turismo uma das quatro áreas catalisadoras do desenvolvimento socioeconómico da “Pérola do Índico”.

Actualizado em Quinta, 19 Outubro 2017 07:56
Continuar...
 
Governo de Nyusi “enterrou” mais 733 milhões de meticais na Aeroportos de Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 18 Outubro 2017 07:37

Foto de Adérito CaldeiraO Governo de Filipe Jacinto Nyusi decidiu, durante o exercício económico de 2016, “enterrar” mais 733 milhões de meticais na deficitária Aeroportos de Moçambique. É uma nova dívida que se soma aos mais de 11,9 mil milhões de meticais em empréstimos acumulados pela empresa nos principais bancos comerciais nacionais e ainda em instituições bancárias do Brasil, Alemanha e da China.

Actualizado em Quarta, 18 Outubro 2017 17:07
Continuar...
 
Banco Mundial admite que absentismo e fraca qualidade dos professores não são únicas causas do moderado desempenho da Educação em Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 17 Outubro 2017 08:11

Foto de Adérito CaldeiraO Banco Mundial reconheceu ao @Verdade que a fraca conclusão do ensino primário e secundários em Moçambique não é causado apenas pelo absentismo e qualidade de ensino mas também pela distância entre os locais de habitação de professores e alunos e as escolas primárias do 2º grau assim como as secundárias. Entretanto o nosso País precisa de acelerar o passo porque no mundo do trabalho actual e futuro além de ler, escrever e fazer contas os cidadão precisam de novas habilidades.

Actualizado em Terça, 17 Outubro 2017 18:31
Continuar...
 
Programa do FMI não acontecerá este ano em Moçambique... e até haver esclarecimento das dividas da Proindicus, EMATUM e MAM; Renúncia-las não é solução
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 16 Outubro 2017 09:00

Foto de Adérito CaldeiraO nosso País vai continuar encurralado pelas dívidas das empresas estatais Proindicus, EMATUM e MAM: até 2018 não haverá novo Programa de ajuda financeira do Fundo Monetário Internacional (FMI). Aliás a suspensão deverá continuar durante o próximo ano, e até o Governo de Filipe Nyusi explicar de forma transparente como foram usados os mais de 2 biliões de dólares norte-americanos. O @Verdade apurou ainda que nem mesmo uma eventual renúncia dos empréstimos, que foram contratados violando a Constituição e leis orçamentais, é suficiente para Moçambique sair da crise económica e financeira em que está mergulhado desde Abril de 2016.

Actualizado em Segunda, 16 Outubro 2017 15:46
Continuar...
 
Crise da Dívida Pública em Moçambique é tabu na reunião anual do FMI e Banco Mundial
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 13 Outubro 2017 04:43

Foto do FMIA crise das dívidas da Proindicus, EMATUM e MAM é um tabu na reunião anual do Fundo Monetário Internacional(FMI) e do Banco Mundial que está a decorrer em Washington DC, nos Estado Unidos da América. Funcionários séniores das instituições de Bretton Woods, académicos e responsáveis de instituições financeiras globais declinaram responder às questões colocadas pelo @Verdade. “Estamos a nadar no mesmo pântano, sem capacidade para rever as coisas, restando-nos a esperança que o pântano seque por si próprio” comentou o Professor Catedrático António Francisco. Certo é que sem a clarificação de como foram usados os mais de 2 biliões de dólares norte-americanos assim como garantias de responsabilização dos agentes do Estado que violaram a Constituição e leis orçamentais o FMI não vai retomar o seu apoio suspenso em Abril de ano passado.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 5 de 64
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.