Presidente Nyusi inaugurou mais um hotel em Maputo onde taxa de ocupação caiu pelo terceiro ano
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 20 Setembro 2018 07:51

O Chefe de Estado moçambicano inaugurou mais um complexo turístico na cidade de Maputo elevando para 27 o número de hotéis que disputam os cada vez menos hóspedes que visitam o nosso país e reduzindo a taxa de ocupação que caiu, pelo terceiro ano consecutivo, na capital de Moçambique. A CTA pede a redução de novos investimentos em hotéis “para a viabilização dos investimentos realizados”.

Actualizado em Quinta, 20 Setembro 2018 10:52
Continuar...
 
Governo de Nyusi falhas próprias metas de aumento da cobertura de água potável em Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 19 Setembro 2018 07:53

@VerdadeO Governo de Filipe Nyusi continua a falhar as suas metas pouco ambiciosas de reabilitar e expandir os sistemas de abastecimento de água assim como de expandir as redes de distribuição de água potável violando os Direitos Humanos de milhões de moçambicanos. Dos 51 sistemas de água previstos construir este ano apenas 4 foram iniciados durante o 1ª semestre mas as obras estão paralisação “por falta de desembolsos do Orçamento do Estado”. Os 211 quilómetros de redes de água previstos serem expandidos apenas 4 quilómetros foram executados.

Continuar...
 
Moçambique é o décimo pior do mundo no Índice de Desenvolvimento Humano
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 18 Setembro 2018 08:10

Foto de Júlio PaulinoMoçambique continua entre os piores países do mundo com um Índice de Desenvolvimento Humano(IDH) de 0,437: a expectativa de vida melhorou muito pouco, a escolaridade expectável permanece inalterada assim como os anos de estudo, mas piorou o rendimento per capita dos moçambicanos.

Actualizado em Terça, 18 Setembro 2018 08:38
Continuar...
 
Metro de Zucula custou 6,5 milhões de dólares ao povo moçambicano
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 20 Janeiro 2017 09:41

Montagem do @VerdadeO metro de superfície que iria acabar com o drama dos “chapas” nas cidades de Maputo e da Matola, mas que nunca irá circular, custou aos moçambicanos 6,5 milhões de dólares norte-americanos que o Governo pagou como indemnização a empresa italiana SALCEF Costruzioni Edili e Ferroviarie(SALCEF).

Continuar...
 
Muito calor e muita chuva propiciam aumento dos casos de malária em Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 17 Setembro 2018 07:59

Previsão Hidrológica Sazonal, 5º Fórum Nacional de Antevisão ClimáticaA precipitação normal com tendência acima do normal que está prevista para a época chuvosa nas províncias de Niassa, Cabo Delgado, Nampula e norte da província da Zambézia deverão resultar em mais casos de malária, que continua a ser o principal problema de Saúde Pública em Moçambique. “O aumento dum dia com pelo menos 50mm de precipitação durante qualquer semana resultou num aumento de 11 por cento na incidência da malária quatro semanas depois”, explicou Tatiana Marrrufo, médica do Instituto Nacional de Saúde (INS).

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 83
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.