Filipe Nyusi pretende legalizar empréstimos ilegais da Proindicus e MAM e transforma-los em mais Dívida Pública
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 24 Janeiro 2017 07:30

Montagem do @VerdadeO Tribunal Administrativo concluiu, tal como o Parlamento, que as Garantias do Estado para os empréstimos das estatais Proindicus, Empresa Moçambicana de Atum(EMATUM) e Mozambique Asset Management(MAM) violaram a Constituição da República assim como as leis orçamentais de 2013 e 2014. Todavia, o Presidente Filipe Jacinto Nyusi em vez de renuncia-las pretende legalizar ainda este ano as dívidas da Proindicus e MAM, tal como já havia legalizado no ano passado a EMATUM, transformando-as em Dívida Pública perante o povo moçambicano que está impávido e sereno.

Actualizado em Terça, 24 Janeiro 2017 09:00
Continuar...
 
Rescisão da concessão do Sistema Ferroviário do Centro custa 80 milhões de dólares a Moçambique
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 23 Janeiro 2017 08:03

A incompetência dos gestores dos Caminhos de Ferro de Moçambique(CFM), entre 2004 e 2011, vai custar ao povo moçambicano pelo menos 80 milhões de dólares norte-americanos que devem ser pagos às empresas indianas Rites Limited e Ircon International Limited pela rescisão unilateral da concessão do Sistema Ferroviário do Centro.

Actualizado em Segunda, 23 Janeiro 2017 17:18
Continuar...
 
Metro de Zucula custou 6,5 milhões de dólares ao povo moçambicano
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 20 Janeiro 2017 09:41

Montagem do @VerdadeO metro de superfície que iria acabar com o drama dos “chapas” nas cidades de Maputo e da Matola, mas que nunca irá circular, custou aos moçambicanos 6,5 milhões de dólares norte-americanos que o Governo pagou como indemnização a empresa italiana SALCEF Costruzioni Edili e Ferroviarie(SALCEF).

Continuar...
 
Construção da barragem de Moamba Major viciada de ilegalidades e compadrio
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 19 Janeiro 2017 08:19

A construção da barragem de Moamba Major, financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Económico do Brasil(BNDES), está viciada de ilegalidades: não tem visto do Tribunal Administrativo(TA) e o Grupo Andrade Gutierrez, que executa as obras, foi contratado por ajuste directo. Ademais a construtora brasileira ganhou o negócio garantindo que a empresa Infra Engineering Mozambique, de influentes membros do partido Frelimo, participaria do consórcio.

Actualizado em Quinta, 19 Janeiro 2017 18:24
Continuar...
 
Empresários próximos ao partido Frelimo devem ao Tesouro milhões há 18 anos
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 18 Janeiro 2017 08:13

Montagem do @VerdadeDez das 30 empresas que entre 1999 e 2002 pediram empréstimos ao Estado moçambicano até hoje não pagaram um único centavo. Em comum, além da dívida de mais de 231 milhões de meticais, têm o facto dos seus sócios serem membros ou próximos do partido Frelimo e representarem um dos primeiros grupos de empresários bafejados pela privatização caótica e apressada que aconteceu no âmbito do Programa de Reabilitação Económica. Ademais várias das empresas devedoras são participadas pelo próprio Estado.

Actualizado em Quarta, 18 Janeiro 2017 18:38
Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 45
  • CIDADÃO REPORTA:
    No distrito de Meconta-provincia de Nampula em Mocambique, na xcola secundaria de Namialo, os professores, nao recebem suas horas extras ha 1 ano e um mes e saindo algum colectivo da xcola a direcao provincial das financas, dizem terem pago os ordenados e por sua vez o director distrital dizia que nao houve nenhum despacho e neste momento estao paralizadas as aulas!
  • CIDADÃO REPORTA:
    estou num fematro que sai da baixa para Albazine, o motorista acelera demais toda gente que se encontra aqui esta reclamando (escesso de velocidade) em Maputo.
  • CIDADÃO Pedro B. Langa REPORTA:
    Pedro B. Langa, Maputo. Enquato nao tivermos a coragem de ariscar em eleger o outro partido para governar o pais, vamos continuar a sofrer humilhacoes da Frelimo onde um tem 5 4x4 e o pobre nao sabe o que vai comer durante o dia. Nhancale o verdadeiro xiconhoca
  • CIDADÃO Leo REPORTA:
    está um corpo de uma mulher sem vida atrás do prédio onde vivo, vi o corpo por volta das 8 horas e até agora não vieram remover o corpo, a vizinhança já sabe disso comunicaram a policia e simplesmente vieram tapar o corpo com uma capulana e foram embora. O corpo,está na parte de trás de um prédio no bairro do Jardim, em Maputo, rua do jardim próximo a ponte da av. de Moçambique defronte a av. Joaquim Chissano.
Quer receber a nossa Newsletter diária com artigos escolhidos pelo editor no seu INBOX?
http://www.Auto-Doc.PT
 

@Verdade Newsletter

Quer receber diariamente no seu email a nossa edição em formato PDF? Preencha o seguinte formulário:
Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua subscrição. Caso não visualize o email no seu inbox confira na caixa spam.