Faixa publicitária
Gerais 2019: União Europeia não observou ilícitos nas Eleições
Escrito por Redação  em 16 Outubro 2019
Share/Save/Bookmark

O Chefe da Missão de Observação da União Europeia (UE), o eurodeputado Nacho Sánchez Amor, afirmou que a votação das sextas Eleições Presidenciais, Legislativas e terceiras Províncias decorreu “de uma forma tranquila, pacífica e ordeira”.

“O dia das votações decorreu na generalidade de uma forma tranquila, pacífica e ordeira. É verdade que havia muitas filas, as pessoas perdiam um bocadinho a paciência, mas isso é uma demonstração do desejo do povo moçambicano de participar nas eleições”, afirmou Nacho Sánchez Amor após reunir nesta quarta-feira (16) com a Presidente da Assembleia da República de Moçambique.

O eurodeputado, que representa o único Parceiro de Cooperação que financiou as Eleições Gerais no nosso país, disse ainda a jornalistas, sobre a contagem dos votos que “estamos numa fase muito inicial de apuramento dos dados, e só quando houver mais informação é que poderemos ter uma opinião sobre esta segunda fase e a que vai a seguir que tem a ver com os possíveis recursos judiciais”.

Pelo menos um cidadão foi baleado mortalmente pela Polícia da República de Moçambique, no Distrito de Angoche, e quase uma centena de tentativas de fraude, favoráveis ao partido Frelimo, foram reportadas pelas Organizações da Sociedade Civil moçambicana que estão a observar o pleito da última terça-feira (15).

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom