Faixa publicitária
Autárquicas 2018: Mais de 615.500 eleitores votam em Maputo sob o olhar de mais de 3.700 olheiros de partidos políticos
Escrito por Emildo Sambo  em 10 Outubro 2018
Share/Save/Bookmark

Foto de Emildo SamboEsta quarta-feira (10), os residentes dos 53 municípios moçambicanos escolhem os presidentes dos conselhos autárquicos e os membros das assembleias autárquicas. Só em Maputo, a capital política e económica do país, 615.537 eleitores escolhem quem os deverá servir de 2019 a 2023. O processo será vigiado por 3.757 delgados de candidaturas. São os olheiros dos partidos políticos.

A menos de 24 horas da votação que deverá iniciar às 07h00 e encerrar às 18h00, Pascoal Zunguze, director do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), na cidade de Maputo, disse, à imprensa, que está tudo pronto para se ter um escrutínio sem sobressaltos.

A alocação do material de votação nos distritos municipais de KaNyaka e KaTembe aconteceu nos dias 07 e 08 de Outubro em curso. No KaNyaka, por exemplo, o STAE criou sete locais de votação e igual número de mesas de assembleia de voto.

Nos restantes pontos da urbe, o mesmo trabalho foi concluído na terça-feira (09), altura em que se concluiu, igualmente, a afectação dos membros das mesas de voto.

Até às 05h00 da manhã desta quarta-feira, todos os membros das mesas de voto deverão estar nas mesas de assembleias de voto, para garantirem o início da votação na hora prevista, disse Pascoal Zunguze.

Em Maputo foram criadas 860 mesas de assembleias de voto e 192 locais de votação, que coincidem com os lugares onde aconteceu o recenseamento eleitoral. A maioria está nos distritos municipais de KaMavota (250) e KaMubukwana (238).

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom