Faixa publicitária
Autárquicas 2018: Renamo escolhe Manuel Bissopo para tira-teimas com Daviz Simango e Augusta Maita na Beira
Escrito por Emildo Sambo  em 09 Agosto 2018
Share/Save/Bookmark

Foto de Emildo SamboO secretário-geral da Renamo, Manuel Bissopo, é o cabeça-de-lista da Renamo para a cidade da Beira, segunda maior urbe de Moçambique, nas eleições autárquicas de 10 de Outubro deste ano. Ele vai enfrentar o edil Daviz Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), que desde 2003 é o todo-poderoso naquela urbe, que a Frelimo tentará arrancá-la das mãos da oposição. Para o efeito, vai correndo com a actual secretária permanente da província de Sofala, Augusta Maita.

Ainda em Sofala, a Renamo depositou confiança em Joaquim Greva, Alfredo Magaço, Eusébio Vasco e Felizardo Chapo, para os conselhos autárquicos de Dondo, Gorongosa, Marromeu e Nhamatanda.

Os cabeças-de-lista do maior partido da oposição foram divulgados na quinta-feira (09), na capital moçambicana, pelo porta-voz da Comissão Política Nacional, Alfredo Magumisse.

A sede da Renamo quase ficava pequena para acolher os militantes, alguns idos de Quelimane, Tete, como é o caso de Manuel de Araújo e Ricardo Tomás, respectivamente.

Para a cidade de Maputo, a “perdiz” reconfirmou Venâncio Mondlane, que no dia 10 de Outubro estará em tira-teimas diante de Eneas Comiche, candidato da Frelimo. O MDM ainda não indicou o seu aspirante a edil, depois de ter sido dado as costas por Venâncio.

Na autarquia de Nampula, a Renamo confia em Paulo Vahanle, que na última eleição intercalar derrotou na segunda volta o candidato da Frelimo, Amisse Cololo. Os dois voltam a encontrar-se dentro de 61 dias, para uma disputa da qual fará parte o cabeça-de-lista do MDM, Fernando Bismarque, também porta-voz da sua bancada na Assembleia da República (AR).

O maior partido da oposição reconfirmou igualmente o chamado “incendiário” deputado da Assembleia da República (AR), António Muchanga, cabeça-de-lista para o município da Matola, onde o “batuque e a maçaroca” aposta no actual edil Calisto Cossa e o MDM em Silvério Ronguane, também parlamentar. Manuel de Araújo, que deixou o MDM e regressou para a “perdiz”, vai testar a sua popularidade no Conselho Autárquico de Quelimane, defrontando Carlos Carneiro, da Frelimo, e Rogério Warowaro, do “galo”.

Para as autarquias de Gaza, considerado baluarte da Frelimo, a Renamo elegeu Mouzinho Gundurujo (Xai-Xai), Carlos Sumburane (Praia do Bilene), Narciso Cumbane (vila da Macia), Heique Sitoe (Mandlakaze), Pedro Pelembe (Chibuto) e Alfredo Dide (Chókwè).

Os municípios da cidade de Inhambane, Quisisco, Maxixe, Massinga e Vulanculo, na província de Inhambane, o maior partido da oposição indicou Vitalino Macauze, Cândido Maculuve, Simião Uelemo, Armando Maquiquele e João Boaventura.

Refira-se que João Marissane, outrora vogal da Comissão Nacional de Eleições (CNE), há dias foi eleito cabeça-de-lista para Boane; Jeremias Cumbe, para o Conselho Autárquico da Namaacha; Carvalho Bembe, para Manhiça.

Eis os candidatos dos restantes municípios:

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom